Sorocaba e Região

Ocupação de leitos públicos para coronavírus supera 70% em Sorocaba

O secretário de Saúde da cidade voltou a pedir que as pessoas respeitem as regras de isolamento social
Ocupação de leitos públicos supera 70%
No Adib Jatene, 80% dos leitos clínicos e de UTI pactuados para pacientes com Covid-19 estão ocupados. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (5/5/2020)

O censo diário de leitos destinados exclusivamente para Covid-19 em Sorocaba apresentou, na rede pública, o pior momento desde quando os dados passaram a ser divulgados pelo jornal Cruzeiro do Sul. Nesta quinta-feira (14), tanto os leitos clínicos quanto os de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estavam acima de 70%. Os dados são da Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES).

Conforme os números, dos 30 leitos de UTI pactuados no novo Hospital Regional Dr. Adib Domingos Jatene, 80%, ou 24 deles, já estavam ocupados. O hospital atende 48 cidades da região. Quanto aos leitos clínicos — ocupados, em tese, por pacientes que não apresentam gravidade –, a taxa de ocupação no Adib Jatene era de quase 80% dos 15 disponíveis.

Leia mais  Rede pública já testou 9,7 mil para covid-19 em Sorocaba

O censo aponta que o novo Regional, que fica na rodovia Raposo Tavares, aumentou em 50% o índice de vagas oferecidas para pessoas que precisam de UTI: passaram das 20 disponíveis até a semana passada para as atuais 30. Entretanto, o número de pacientes que precisa do atendimento aumentou, sendo que ontem (14) apenas seis estavam desocupados. Na semana passada, todos os 20 leitos estavam ocupados.

Já na Santa Casa, referência para Covid-19 no município de Sorocaba, a taxa de ocupação dos 20 leitos de UTI era de 70% — ou seja, 14 leitos ocupados. Uma semana antes, a taxa era de 50%. A ocupação de leitos clínicos ontem também beirava 80%. O hospital possui 30 leitos clínicos destacados para novo coronavírus e Casa tinha 24 leitos ocupados quando o censo foi realizado.

Com seis leitos, incluindo um para UTI, o Hospital Gpaci não tinha nenhum ocupado.

Leia mais  Motoristas de ônibus seguem sem adiantamento e devem fazer protesto em Sorocaba

Rede particular

Na rede privada de saúde, o Hospital Evangélico tinha, ontem, 10 leitos clínicos e ocupação de 50%. No caso de UTI, a taxa de ocupação era de 7%, com 15 leitos disponíveis. Dos 26 leitos clínicos disponíveis no Samaritano, apenas 11% estavam ocupados. Já a taxa de ocupação dos leitos de UTI era de 80%, com apenas dois disponíveis. Por último, o Hospital Unimed tinha 45% de ocupação de leitos clínicos nos 24 pactuados para a doença, e 33% de ocupação nos 20 de UTI.

Vale frisar que os dados são somente dos leitos exclusivamente para Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus. Outra observação é que os dados são um reflexo apenas da data averiguada, podendo sofrer alterações nas ocupações, por exemplo, no dia seguinte, para mais ou para menos.

Leia mais  Contribuinte tem até esta terça (30) para parcelar dívidas municipais

Isolamento

Em virtude do aumento na ocupação dos leitos e na redução do isolamento social de Sorocaba, o secretário de Saúde da cidade, Ademir Watanabe, voltou a pedir que as pessoas respeitem as regras pedidas pelas autoridades de saúde. “Ficando em casa, a contaminação será menor. Desde o começo de março, a gente vem falando que o pico da doença chegaria. Infelizmente, ela chegou e em um momento em que estamos muito preocupados”, afirma. No caso de pessoas com necessidade de suporte psicológico, ele indicou o telefone 3238-2400, criado pela SES para esse tipo de atendimento. (Marcel Scinocca)

Comentários