Sorocaba e Região

Obras do viaduto na Raposo Tavares seguem até final de março

Concretagem das vigas deve começar no dia 13, não haverá interdição
Obras do viaduto na Raposo seguem até final de março
Implantação das vigas foi no último final de semana e foram necessárias interdições na Raposo Tavares. Crédito da foto: Fábio Rogério

Depois das intervenções feitas no fim de semana, o viaduto que ligará as ruas João Wagner Wey e Augusto Lippel, na rodovia Raposo Tavares, em Sorocaba, teve a parte “bruta” finalizada. O próximo passo será a colocação de vigas transversinas para a ligação das mesmas vigas (longarinas) colocadas no último fim de semana. Se as condições do tempo permitirem, a concretagem das transversinas ocorrerá no período de 13 a 20 de dezembro, sem que interfira no trânsito da rodovia e do viário urbano.

Com os trabalhos desenvolvidos ao longo de sexta, sábado e domingo, as vigas de sustentação da obra foram erguidas pelos guindastes e posicionadas no local, que terá 125 metros de comprimento e 12 metros de largura. O prazo estipulado para a conclusão da construção é fevereiro de 2019.

Leia mais  Sorocaba registra 105 mortes e 3.776 casos confirmados da Covid-19

Durante o fim de semana, houve a necessidade de bloqueios pontuais na avenida Armando Pannunzio, no sentido que segue à rodovia. Em alguns períodos, também foi interditada totalmente a pista expressa da rodovia no sentido Capital e a pista marginal no sentido Interior. Para as intervenções, a Polícia Rodoviária fez comboios para garantir a segurança aos motoristas.

Medida mitigatória

Construído pela MRV Engenharia a partir de uma medida mitigatória para compensar a geração de tráfego provocada pela implantação de um conjunto de apartamentos no Jardim São Carlos, o viaduto ganhará o nome de Zuleika Sucupira Kenworth. Segundo a Prefeitura, a construção do viaduto tem o objetivo de levar fluidez ao trânsito de Sorocaba, na região do Campolim e Jd. São Carlos devido ao adensamento imobiliário naquela região.

O trabalho de implantação do viaduto é feito por meio de parceria das equipes técnicas da Secretaria de Mobilidade e Acessibilidade, através da Urbes Trânsito e Transporte, da concessionária CCR ViaOeste, Polícia Militar Rodoviária, MRV Engenharia e CSC Engenharia. (Da Redação, com informações da Secom Sorocaba)

Comentários