Covid-19 Sorocaba e Região

Novo surto de Covid-19 fecha Câmara de Sorocaba por 15 dias

Legislativo registrou quatro casos confirmados desde o começo do ano. Trabalhos seguem em sistema home office.
Utilização de contêineres
Crédito da foto: Vinícius Fonseca (16/7/2020)

A Câmara de Vereadores de Sorocaba irá ficar 15 dias fechada a partir desta sexta-feira (15), por conta da Covid-19. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (14) pela Mesa Diretora da Câmara, que já comunicou os gabinetes dos 20 vereadores, além dos demais funcionários do Legislativo.

Segundo a Câmara, a decisão foi tomada por conta de um surto de Covid-19 no local. “A decisão da mesa atende recomendação das autoridades sanitárias e, nesse período, os servidores continuarão trabalhando em regime de home office”, informa.

Ainda de acordo com a Mesa Diretora da Câmara, o prédio estará fechado até o dia 29 deste mês. A medida segue recomendações das autoridades sanitárias e foi tomada para controlar um surto da epidemia de Covid-19 na Casa de Leis, que registrou quatro casos confirmados neste ano. A Câmara Municipal seguirá trabalhando em sistema home office e a reabertura da Casa ocorrerá antes do início do ano Legislativo, previsto para fevereiro.

Leia mais  Risco em terreno interdita UBS do Jardim Rodrigo e CEI 117

O secretário geral da Câmara Municipal, Jonata Elias Mena, disse que a preocupação da Mesa Diretora é com a saúde não só dos servidores, mas de todos os munícipes que frequentam o Legislativo. “Desde o início do mandato da atual Mesa Diretora, ela tem-se reunido e a preocupação principal sempre foi com a saúde e a dignidade humana, não só dos servidores e vereadores, mas de toda a população que frequenta o Legislativo”, disse o secretário.

Continuidade dos trabalhos

O secretário afirma ainda que a Câmara não deixará de prestar serviços à população nesse período de fechamento, uma vez que os servidores continuarão trabalhando à distância, por meio dos canais remotos, oferecendo o atendimento necessário por meio de suas redes sociais. “O público não terá prejuízo algum, pois a Câmara continuará realizando seu trabalho legislativo”, destaca.

Leia mais  Governo do Estado anuncia mais 20 leitos de UTI para Sorocaba

Segundo Mena, em fevereiro deverão ser feitos novos testes com os vereadores antes do início das sessões ordinárias.

Segundo o secretário, há quatro casos confirmados, o que motivou a adoção da medida de fechamento, por recomendação da médica do Trabalho da Casa. “Desde o início, a Câmara vem adotando medidas de higiene e distanciamento social, mas essas medidas não se mostraram suficientes, uma vez que os munícipes estavam vindo à Câmara, por isso a decisão de fechar e desinfectar a Casa até para garantir mais segurança para os próprios munícipes e para o reinício das sessões legislativas”, aponta. (Ana Cláudia Martins)

Comentários
Assuntos