Buscar no Cruzeiro

Buscar

Polícia

Homem que atropelou sorocabano em Nova York está preso por agressão

Informação teria sido passada pelo promotor do caso à família de Luiz Gustavo

21 de Abril de 2022 às 15:26
Vanessa Ferranti [email protected]
Família conta que Luiz Gustavo realizou o sonho de morar nos Estados Unidos
Família conta que Luiz Gustavo realizou o sonho de morar nos Estados Unidos (Crédito: Arquivo pessoal)

O homem, de 35 anos, que atropelou o sorocabano Luiz Gustavo Lotte em Nova York está preso por ameaçar e agredir a ex-mulher. A informação foi divulgada através de um vídeo gravado pelo pai da vítima, o jornalista Guga Mendonça, após ter conversado com o promotor de Justiça do caso. “A novidade é que o cidadão está preso, mas não pelo crime do Luiz Gustavo. Além de tudo ele é um assediador”, ressalta Mendonça.

No vídeo, o pai do jovem também relata que teve acesso as câmeras de segurança do local onde ocorreu o atropelamento. As imagens são sigilosas, porém Mendonça conta que o filho atravessava a rua de forma consciente e tranquila quando foi atingido pelo carro. Além disso, o jornalista pede justiça e menciona outro crime cometido pelo motorista há seis anos. “Em 2016 ele foi condenado por dirigir intoxicado e sob efeito de álcool. Se a lei tivesse sido cumprida, talvez em 2022 ele não atropelasse o Luiz Gustavo. Essa pessoa acabou com os sonhos do meu filho, acabou com a vontade dele de viver, de trabalhar, de conquistar e agora ele está há 48 dias lutando pela vida em estado vegetativo”, encerra.

O atropelamento de Luiz Gustavo ocorreu em 8 de março. O jovem de 21 anos saia de uma academia, quando foi atingido por um carro em alta velocidade. O motorista fugiu sem prestar socorro. Dias depois, foi constatado que o veículo tem 29 multas; e uma lata de bebida foi encontrada dentro do carro.

A Polícia de Nova York informou ao jornal Cruzeiro do Sul que o motorista é investigado por pelo menos seis crimes: agressão, assalto, fugir do local do acidente, condução imprudente e perigosa e por desobedecer as leis de trânsito. (Vanessa Ferranti)