Buscar no Cruzeiro

Buscar

Carnaval é tempo para retiros espirituais

Encontros da Arquidiocese de Sorocaba reuniram 1.200 jovens em 6 cidades da Região Metropolitana de Sorocaba

01 de Março de 2022 às 01:01
Rebanhão de Carnaval garante momentos de reflexão, autoconhecimento e também de festa
Rebanhão de Carnaval garante momentos de reflexão, autoconhecimento e também de festa (Crédito: FÁBIO ROGÉRIO (28/2/2022))

Muitas pessoas, principalmente, jovens, trocam a agitação dos eventos de Carnaval pelos retiros espirituais, em busca, sobretudo, de paz interior. Em Sorocaba e região, aconteceram diversos eventos do tipo. As programações contam, geralmente, com celebrações, palestras e pregações. E se engana quem pensa não haver momentos de festa. Em um retiro de Sorocaba, por exemplo, os participantes desfrutaram de luau, show e até baile.

Um dos principais encontros religiosos é o Rebanhão de Carnaval, organizado pela Arquidiocese de Sorocaba, por meio da Renovação Carismática Católica (RCC). Neste ano, ocorre, simultaneamente, em Sorocaba, Votorantim, Cerquilho, Piedade, Araçoiaba da Serra e Porto Feliz. Segundo o coordenador da RCC, Marcos Paulo Patrocinio, de 46 anos, considerando todos municípios, o evento reúne cerca de 1.200 pessoas. O Rebanhão começou na tarde de sábado (26) e termina às 14h de hoje (1º).

Em Sorocaba, acontece no Lar São Vicente de Paulo, no Jardim Betânia. Conforme a pedagoga Luana Caroline Amaral Serafim, de 21 anos, uma das organizadoras, até ontem (28), a média diária de fiéis no local era de 480. Ela informa que, em anos anteriores, o número chegava a três mil. Porém, nesta edição, devido à pandemia de Covid-19, foram disponibilizadas apenas 700 inscrições para cada dia.

De acordo Luana, todos os dias, há missas, adoração, palestras e pregações. Um luau, um show de uma banda católica e uma festa neon também fizeram parte da programação. Ainda conforme ela, ao contrário do que muita gente possa pensar, a alegria e o clima de festa estão bastante presentes nos retiros espirituais. “É possível ser feliz dentro da igreja e buscando ser santo”, disse.

Segundo a organizadora, os retiros oferecem a oportunidade dos fiéis se conectarem mais com Deus e consigo mesmos. Por isso, os frequentadores buscam, especialmente, paz, autoconhecimento e transformação. “As pessoas saem daqui transformadas, renovadas e prontas para voltar a viver com alegria”.

Para a gestora de recursos humanos Natália de Oliveira, de 23 anos, participante há sete anos, o Rebanhão lhe ajuda a tornar-se uma pessoa cada vez melhor. “Eu venho buscar mais sabedoria e sentir mais essa alegria leve e diferente”, contou. Natália considera a fé capaz de mudar vidas e, conforme ela, quem vai quem vai aos retiros espirituais comprova isso. “A juventude não é mais a mesma depois que passa pelo retiro. A gente sai disposto a ter uma vida leve.”

Maurício Henrique de Oliveira, de 17 anos, desempregado, esteve no encontro pela primeira vez. Decidiu ir depois de ouvir várias pessoas próximas falarem bem do evento. E não se arrependeu, pois as suas expectativas foram superadas. “Estão sendo quatro dias (em) que eu estou tendo respostas para muitas perguntas que eu tinha e sentindo uma paz muita grande", contou. Oliveira comentou que os dias de contato mais próximo com Deus foram igualmente essenciais para diminuir a sua tensão em relação à pandemia. Depois dessa experiência positiva, perguntado se, a partir de agora, participará todos os anos, respondeu com firmeza: “com certeza.”

Protocolos sanitários

Marcos Patrocinio disse serem cumpridos todos os protocolos sanitários contra a Covid-19 nos eventos, como o uso obrigatório de máscara. Ele informou, ainda, haver recomendação para os presentes redobrarem os cuidados no momento de alimentação, devido à probabilidade de contágio. “Foi orientado, também, que eles (organizadores) insistissem no microfone, durante todo o retiro, para recordar todos estes cuidados e não baixar a guarda”.

Mais encontros

Além da Igreja Católica, outras religiões também realizaram retiros na cidade. O Centro Espiritual Céu Sagrado realizou, de sexta-feira (25) a domingo (27), o Carnacura 2022. Conforme o presidente do centro, Luciano Dini, de 63 anos, 400 pessoas passaram pelo templo, durante os três dias.

Dini explicou que, no Carnacura, são realizados trabalhos espirituais com o chá de ayahuasca, também conhecido como Santo Daime. “(O objetivo) desses trabalhos espirituais que fazemos com o ayahuasca é trazer a cura para a pessoa -- cura espiritual, material, libertação, compreensão e entendimento”.

O Instituto Holístico Coruja Marrom fez o seu retiro de Carnaval na sexta-feira (25), sábado (26) e domingo (27). Durante o evento, houve momentos, inclusive, com o ayahuasca; rodas medicinais, meditação; exercícios de respiração; danças; apresentações com instrumentos musicais; dentre outras atividades.

Segundo o psicanalista e terapeuta holístico Wellington Superior, de 36 anos, um dos organizadores, 23 pessoas participaram do encontro xamânico. “O retiro é para desconectar desse mundo, do sistema, dessa poluição de informações negativas e fazer um encontro interior, um processo de interiorização, de conexão com o nosso ser divino, com o nosso ser Crístico”, disse. (Vinicius Camargo)

Galeria

Confira a galeria de fotos