Buscar no Cruzeiro

Buscar

Dia de festa no dial

Rádio Cruzeiro FM 92,3 comemora 26 anos de compromisso com a população

Pandemia levou emissora a diversificar as maneiras de informar

11 de Novembro de 2021 às 00:01
Cruzeiro do Sul [email protected]
A emissora cumpriu seu papel no difícil período da pandemia.
A emissora cumpriu seu papel no difícil período da pandemia. (Crédito: DIVULGAÇÃO / CRUZEIRO FM)

A rádio Cruzeiro FM 92,3 completa hoje (11) 26 anos no ar. Sempre comprometida com a população e preocupada com a qualidade da informação, a emissora não parou ao longo destes anos e sempre se fez presente nos momentos mais importantes da história.

Um desses episódios marcantes é justamente o período obscuro pelo qual passamos, por conta da pandemia do novo coronavírus. São mais de um ano e meio buscando entender o que aconteceu e como as pessoas vão se comportar daqui para a frente, no pós-pandemia.

O presidente da Fundação Cultural Cruzeiro do Sul, mantenedora da rádio, Gerdy Silveira, diz-se “muito satisfeito com o trabalho”. Ele faz parte da diretoria da Cruzeiro FM há alguns anos e afirma que foi uma honra assumir a presidência da fundação em 2020. Gerdy conta que tinha grandes planos para a rádio, como preparar uma festa para comemorar os 25 anos completados em 2020. Contudo, essa ideia não vingou por conta da pandemia.

O presidente Gerdy Silveira. - ARQUIVO JCS (2/4/2019)
O presidente Gerdy Silveira. (crédito: ARQUIVO JCS (2/4/2019))

“Na verdade, veio essa coisa maluca, que é essa pandemia, e tivemos de tomar muitas decisões rápidas. Precisávamos proteger nossa equipe e precisávamos dar a notícia... Então, foi um negócio muito, muito complicado. Assim, quando tivemos a notícia de que o vírus estava se espalhando, colocamos todos nossos funcionários em home-office. Inclusive, foi uma grata surpresa. Todo mundo se dedicou muito para fazer a emissora funcionar. Acho que nosso jornalismo cumpriu o papel de informar a população sobre tudo o que estava acontecendo”, afirma Gerdy.

Informação certa

Preocupado com a qualidade da informação e atento ao trabalho que a equipe vinha desenvolvendo, Gerdy conta que o cuidado era justamente o de informar de maneira certa a população, sobre tudo o que estava acontecendo com relação à pandemia.

“A orientação era: precisamos dar a notícia com a maior certeza possível da veracidade do que acontecia. A gente via que a população estava perdida, e a gente não podia deixar ou dar a informação sem ter a certeza do que estava acontecendo. A informação tinha de ser precisa e acho que nossa equipe cumpriu esse papel. Estou muito feliz, estou cumprindo meu mandato no final do ano e estou muito honrado de fazer parte dessa equipe”, diz.

A gerente de negócios da Cruzeiro FM, Andresa Vergílio, reforça o papel fundamental da rádio no atual contexto social e econômico. Ela enfatiza o apoio da diretoria e da equipe de profissionais da comunicação para manter o jornalismo no ar e continuar informando e orientando as pessoas sobre os acontecimentos do momento.

“São 26 anos no ar de uma rádio extremamente comprometida com a população, uma rádio de credibilidade, formada por profissionais qualificados. Quero agradecer à diretoria-executiva por todo o empenho e dedicação e por toda a transformação tecnológica. Quero agradecer também pela participação de nossos ouvintes e, principalmente, de nossos apoiadores culturais”, declara.

Durante todo esse período turbulento, Gerdy Silveira dá ênfase ao trabalho voluntário e importante da diretoria da rádio que fez com que a emissora trilhasse um caminho sólido e maduro ao longo dos anos e, em especial, nesse período pandêmico.

“Nossa diretoria faz um trabalho voluntário. Nossa dedicação nessa pandemia foi dobrada, mas foi um trabalho muito legal que fizemos, por isso tenho a sensação de dever cumprido”, acentua o presidente da Fundação Cultural Cruzeiro do Sul, que lembrou também da decisão difícil, mas necessária, de suspender as entrevistas nos estúdios para garantir os protocolos sanitários e a saúde de todos.

Credibilidade e tecnologia em benefício do conteúdo

Com a credibilidade conquistada ao longo dos anos e, em especial, pela transformação tecnológica pela qual passou, a Cruzeiro FM 92,3, como diz o presidente da Fundação Cultural Cruzeiro do Sul, mantenedora da rádio, Gerdy Silveira, vem cumprindo seu papel social enquanto emissora educativa e cultural.

Sua primeira transmissão aconteceu em 11 de novembro de 1995 e, desde então, a emissora evoluiu em programação musical e informação de utilidade pública.

Com tecnologia de ponta, a rádio hoje está mais próxima do ouvinte e transformou as redes sociais em uma aliada para a propagação de seu conteúdo de qualidade. O aplicativo de comunicação WhatsApp é o melhor exemplo dessa aproximação da rádio com o ouvinte.

Atualmente, em todos os lugares, qualquer cidadão consegue acompanhar a programação e o conteúdo da emissora, já que a produção de programas e notícias fica exposta no portal cruzeirofm.com.br; nas plataformas on-line; em aplicativos; nas mídias sociais; no YouTube; e, claro, nas ondas do rádio em 92,3 MHz.

Esteja no carro, em casa, no trabalho, na academia, no supermercado e, até mesmo, apreciando uma praia, basta ter ali um celular que o ouvinte poderá conectar-se com a Cruzeiro FM, em qualquer canal de transmissão que desejar.

Então, já que o momento é de comemoração, que tal ouvir agora uma boa música ou se informar sobre os últimos acontecimentos? (Fernando Guimarães)

Galeria

Confira a galeria de fotos