Buscar no Cruzeiro

Buscar

Crise hídrica

Aumenta número de denúncias de desperdício de água em Sorocaba; vídeo

Enquanto alguns desperdiçam, moradores criam medidas para captar água da chuva em suas casas

19 de Outubro de 2021 às 16:36
Ana Claudia Martins [email protected]
Luiz Antonio Feitosa há quase dois anos capta água da chuva em sua casa para economizar água.
Luiz Antonio Feitosa há quase dois anos capta água da chuva em sua casa para economizar água. (Crédito: Divulgação)

 

O número de denúncias de desperdício de água em Sorocaba aumentou 673% em 2021. Segundo dados do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba, em 2021, até 16 de setembro, a autarquia recebeu no total 116 denúncias contra 15 em todo o ano passado sobre desperdício de água na cidade.

Conforme o Saae, todas as denúncias foram apuradas e os respectivos locais receberam ações e visitas de orientação. “O mesmo se aplica em flagrantes de desperdício de água, em que o responsável pelo imóvel recebe instruções e orientações sobre o consumo consciente e de economia de água, além de informações importantes sobre o período de estiagem em que se encontra toda a região de Sorocaba”, informa a autarquia municipal.

De acordo com o Saae Sorocaba, neste momento, apesar do estado de alerta hídrico, a atuação da autarquia é educativa, podendo haver a aplicação de multa, se a situação hídrica continuar se agravando e os usuários não colaborarem.

Informações sobre situações de desperdício de água podem ser passadas pela população ao Saae Sorocaba para providências, pelos canais: 0800 770 11 95 (ligação gratuita) e 3224-5800, além do atendimento pelo WhatsApp: (15) 98158-0356 e endereço eletrônico: [email protected].


Embora Sorocaba ainda não esteja sofrendo com racionamento de água, em plena crise hídrica, ainda é comum pelas ruas da cidade pessoas usando a mangueira com água jorrando para lavar a calçada.

Bons exemplos

Enquanto alguns desperdiçam, outros criam sistemas simples com caixa de água, canos e até baldes para captar água da chuva ou ainda reutilizar a água da máquina de lavar roupas. Tudo para economizar na conta de água e ajudar no consumo consciente, ainda mais por conta da estiagem prolongada.

É o que já fazem alguns moradores de Sorocaba, que criaram medidas simples em suas casas para aproveitar a água da chuva e da máquina de lavar roupa. As ações simples ajudam a economizar na conta mensal e no consumo consciente da água, sobretudo em período de estado de alerta hídrico.

É o que conta o advogado Eduardo Roberto Abdala Santos, que mora com a família no Jardim Morumbi. Ele conta que há cerca de 10 anos usam baldes para captar água da chuva e reaproveitam a água da máquina de lavar roupa. “Em casa, desde criança que vejo meus pais reaproveitando água. A água usada para lavar legumes e frutas, por exemplo, depois é usada para regar os legumes na horta”, afirma.

Eduardo disse ainda que baldes são usados para captar água da chuva, que passam pelas calhas na residência. “Dá para lavar o quintal e também regar as plantas. Também usamos água da máquina de lavar roupas para a limpeza. É muito importante economizar e consumir de forma consciente para não faltar”, destaca.

Luiz Antonio Feitosa mora no Jardim Zulmira e também criou um sistema caseiro em sua casa para captar água da chuva. Ele também reutiliza água da máquina de lavar roupas. “Gastei cerca de R$ 130 com a caixa de água e montei um sistema de captação de água da chuva há um ano e oito meses. Quando chove bem em poucos minutos consigo captar cerca de 400 litros na caixa e com dois galões mais 100 litros”, afirma.

Feitosa disse ainda que usa a água da chuva para limpar o quintal, para molhar as hortaliças, e ainda para limpar os bancos de uma praça, perto da casa dele. “Uso também água da máquina de lavar roupas para limpeza. Com isso, economizo entre 30% a 40% na conta de água e isso é uma ação simples e que ajuda também a natureza”, destaca.

Campanhas educativas

Para tentar coibir o desperdício de água e incentivar as pessoas a economizarem água, a equipe de Educação Ambiental do Saae Sorocaba vem desenvolvendo um trabalho de orientação sobre o uso consciente e a economia da água, abrangendo toda a cidade.

O trabalho consiste, entre outras atividades, em visitas porta a porta nas residências, com a abordagem e orientação aos munícipes sobre possíveis situações de desperdício, além da entrega de folheto educativo, com dicas e instruções.

As dicas para os moradores economizarem água em suas casas, segundo o Saae Sorocaba são: fechar bem as torneiras após o uso e enquanto escova os dentes ou faz a barba; evitar banhos demorados; antes de lavar a louça, remover restos de comida dos pratos e das panelas, deixando-os de molho; evitar lavar as calçadas e o carro com mangueira; molhar as plantas ao entardecer ou amanhecer, quando o sol é mais ameno; utilizar a capacidade máxima da máquina de lavar roupas e ficar atento a possíveis vazamentos em pias, chuveiros e vasos sanitários.

O Saae também disponibilizou uma nova ferramenta para que a população tenha melhor avaliação e controle do consumo residencial de água. A Calculadora de Consumo de Água está disponível on-line, pelo link: https://www.saaesorocaba.com.br/calculadora-de-consumo-de-agua/.
Ainda, foi lançada uma ampla campanha de comunicação, divulgada por meio dos vários veículos da cidade e das atividades de educação ambiental, além de tomadas medidas do ponto de vista institucional e operacional da autarquia.

Economia de 5%

Conforme a autarquia, em média, a redução do consumo de água em geral nas duas semanas após a intensificação da campanha de conscientização foi de, pelo menos, 5%, na comparação com as semanas que antecederam as ações.

Além disso, ações institucionais do Saae englobam tratativas com grandes consumidores privados (empresas e indústrias), para incentivá-los a adotar medidas que resultem na redução do consumo de água. A atuação junto ao governo municipal e estadual, para diminuição do consumo nos prédios públicos e intensificação da fiscalização no combate ao desperdício da água, também está prevista.

Também tem promovido a redução da pressão do sistema, em determinados horários do dia, ação que apresenta resultados significativos na diminuição da vazão das represas, assim como o controle ativo dos vazamentos, com rapidez de atendimento aos chamados, dentre outras várias medidas. “O objetivo é garantir a manutenção do abastecimento público de água com qualidade, durante o atual período de estiagem”, ressalta o Saae. (Da Redação)

.

Galeria

Confira a galeria de fotos