Buscar no Cruzeiro

Buscar

Sorocaba

Prefeitura de Sorocaba anuncia que irá reativar os 32 prédios do antigo Sabe Tudo

Após anos abandonados, prédios do Sabe Tudo serão revitalizados e contarão com atividades educativas e tecnológicas

14 de Setembro de 2021 às 16:44
Cruzeiro do Sul [email protected]
Os 32 prédios do antigo Sabe Tudo ganharão, em 2022, uma nova identidade visual e utilidade, com diversas atividades educativas e tecnológicas.
Os 32 prédios do antigo Sabe Tudo ganharão, em 2022, uma nova identidade visual e utilidade, com diversas atividades educativas e tecnológicas. (Crédito: Secom/Sorocaba)

Os 32 prédios do antigo Sabe Tudo ganharão, em 2022, uma nova identidade visual e utilidade, com diversas atividades educativas e tecnológicas, após anos de abandono por gestões municipais anteriores.

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), deu início ao projeto [email protected], trabalho responsável pela revitalização e funcionamento das novas atividades educativas e tecnológicas para os estudantes da Rede Municipal de Ensino e comunidades adjacentes aos prédios dos antigos “Sabe Tudo”.

“Estamos em fase inicial, na etapa de qualificação das organizações sociais (OSs), que serão responsáveis pela adaptação, manutenção, contratação dos profissionais e execução das atividades nos locais”, explica o secretário da Educação, Marcio Carrara.

Após a qualificação dessas entidades, elas participarão de um chamamento para executar o projeto [email protected] Dentre as determinações feitas pela Sedu para adaptação dos espaços, estão as mudanças voltadas para a acessibilidade.

“Atualmente, os prédios não estão adaptados para pessoas com deficiência. Isto será uma das várias alterações realizadas, tornando o projeto, além de educativo, também inclusivo”, comenta Carrara.

Serão retomadas, inicialmente, 12 unidades, que estão sendo escolhidas sob estudo técnico feito por equipe da Secretaria da Educação. “Promoveremos ações, com cursos e oficinas, nas áreas da cultura digital, tecnologia e pensamento computacional”, conta a gestora de Desenvolvimento Administrativo da Sedu, Andrea Tichy.

“Serão ofertados cursos de informática e tecnologia; conteúdos exclusivos para a terceira idade; tecnologia usual para o dia a dia; apoio escolar voltado para a cidadania digital; criatividade e inovação; cultura maker e produção audiovisual”, salienta o gestor de Desenvolvimento Pedagógico, Paulo Pistili, também responsável pelo projeto.

Outro benefício que está programado para ser oferecido nas unidades é o auxílio à comunidade quanto aos serviços ofertados pela Prefeitura. “As pessoas poderão fazer inscrições para vagas em creche ou para a modalidade EJA, bem como imprimir boletos de IPTU e ISSQN, por exemplo. O [email protected] contará com profissionais prontos para auxiliar em qualquer dificuldade que as pessoas possam ter”, frisa o secretário Carrara. O projeto contará, ainda, com um espaço de leitura nas áreas superiores dos prédios.

“Além de restaurar esses edifícios abandonados, que estavam à merce do mau uso, o projeto [email protected] fomentará a aplicação da tecnologia e atuará como um facilitador na vida das pessoas, com ambientes propícios para os participantes, sejam eles alunos ou moradores próximos. Será uma verdadeira revolução, com imersão cultural e educativa! Estamos muito empolgados com o que este projeto inovador propiciará à nossa população”, conclui o prefeito Rodrigo Manga. (Da Redação, com informações da Secom/Sorocaba)