Buscar no Cruzeiro

Buscar

Geral

Empresário, esposa e 3 filhos estão entre as vítimas de queda de avião

A aeronave executiva, modelo King Air 360, caiu em uma área de vegetação em Piracicaba, por volta das 9h

14 de Setembro de 2021 às 16:06
Agência Brasil
 Celso Silveira Mello Filho, acionista do grupo Cosan
Celso Silveira Mello Filho, acionista do grupo Cosan (Crédito: Gustavo Annunciato - MTB 58.557)

O empresário Celso Silveira Mello Filho, a esposa Maria Luiza Meneghel, e seus três filhos (Celso, Fernando e Camila) estão entre as vítimas da queda de um avião de pequeno porte, em Piracicaba, no interior de São Paulo, na manhã de hoje (14). Além deles, também morreram o piloto Celso Elias Carloni e o co-piloto Giovani Gulo. As informações foram confirmadas pela empresa Cosan, da qual Mello Filho era acionista.

A aeronave executiva, modelo King Air 360, caiu em uma área de vegetação em Piracicaba, por volta das 9h e provocou um incêndio no local. De acordo com o Corpo de Bombeiros todas as vítimas morreram carbonizadas.

Além de acionista da Cosa, Mello Filho era irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. O grupo Cosan atua nos setores de agronegócio, distribuição de combustíveis e de gás natural e de lubrificantes e logística.

No início da tarde a Prefeitura de Piracicaba também divulgou a nota a respeito da queda do avião. Segundo o município, um avião modelo King Air B250, ano 2019, prefixo PS – CSM, caiu na manhã desta terça, por volta das 8h45, após decolar do Aeroporto Municipal Pedro Morganti, em Piracicaba.

"A queda ocorreu no bairro Santa Rosa, ao lado do Parque Tecnológico, cerca de 15 segundos após a decolagem, em uma plantação de eucaliptos. O Corpo de Bombeiros localizou os sete corpos. A Prefeitura montou uma força-tarefa, que reúne várias secretarias municipais e do Semae, para ajudar no resgate e para conter as chamas que se alastraram pela vegetação, após a explosão do avião. A Hyundai, que está instalada próximo ao local do acidente, também enviou brigadistas", informa a nota.

Conforme a Prefeitura de Piracicaba, cerca de 100 pessoas estavam no local para auxiliar na ocorrência. "Assim que recebeu a notícia, o prefeito Luciano Almeida se dirigiu ao local e acionou todas as equipes para o auxílio rápido no resgate", informa a assessoria de imprensa da Prefeitura de Piracicaba. (Da Redação)