Buscar no Cruzeiro

Buscar

Empreendedor

MEIs devem regularizar dívidas até dia 31

Regularizando sua situação até o dia 31, o MEI evitará a cobrança judicial da dívida inscrita e outras consequências futuras

27 de Agosto de 2021 às 00:01
Cruzeiro do Sul [email protected]
Regularizando a situação, MEI evitará cobrança judicial da dívida.
Regularizando a situação, MEI evitará cobrança judicial da dívida. (Crédito: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Os Microempreendedores Individuais (MEI) que estão devendo impostos poderão regularizar suas dívidas até o dia 31 de agosto. A situação pode ser resolvida pelo pagamento dos débitos, utilizando o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), ou parcelamento. Tanto a emissão do DAS para pagamento, como a realização do parcelamento, pode ser efetuada diretamente no Portal do Simples Nacional. O DAS também pode ser emitido pelo App MEI, disponível para celulares Android ou iOS.

A partir de setembro, a Receita Federal encaminhará os débitos apurados nas Declarações Anuais Simplificadas para o Microempreendedor Individual (DASN-Simei) não regularizados para inscrição em Dívida Ativa. Essa dívida será cobrada na Justiça com juros e outros encargos previstos em lei.

Regularizando sua situação até o dia 31, o MEI evitará a cobrança judicial da dívida inscrita e outras consequências futuras a serem anunciadas como: deixar de ser segurado do INSS, perdendo assim os benefícios previdenciários, tais como aposentadoria, auxílio doença, dentre outros; ser excluído dos regimes Simples Nacional e Simei pela Receita Federal, Estados e Municípios; ter dificuldade na obtenção de financiamentos e empréstimos; entre outras. (Da Redação)