Buscar no Cruzeiro

Buscar

Sorocaba

Setor de oncologia do CHS receberá recursos para ampliar o atendimento

21 de Agosto de 2021 às 00:01
Marcel Scinocca [email protected]
Vice-governador Rodrigo Garcia autoriza repasses mensais para o setor de oncologia do CHS.
Vice-governador Rodrigo Garcia autoriza repasses mensais para o setor de oncologia do CHS. (Crédito: Manuel Garcia)

O Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS) receberá investimentos mensais de R$ 1,5 milhão para o setor oncologia. O valor foi anunciado ontem (20), durante visita a Sorocaba, do vice-governardor do Estado, Rodrigo Garcia (PSDB).

“Anunciamos a ampliação do atendimento em oncologia do Complexo Hospitalar de Sorocaba e o anúncio do novo serviço de radioterapia, que garante melhor atendimento a toda região”, disse Rodrigo Garcia. Para esta ampliação, o Governo do Estado repassará mensalmente R$ 1,5 milhão destinados ao custeio do serviço oncológico, totalizando R$ 6,1 milhões por mês para todas as frentes assistenciais do CHS.

As medidas permitem a oferta mensal de mais 1,6 mil sessões de radioterapia, alcançando mais que o dobro das vagas para este tipo de atendimento na região, o que possibilitará receber mais 70 novos pacientes por mês. Até então, a Santa Casa de Sorocaba era a única referência regional.

Além disso, crescerá 125% o número de consultas ofertadas, chegando a 1,8 mil por mês, e 71% nas sessões de quimioterapia, totalizando 1,2 mil mensais. As cirurgias receberão incremento de 37%, com cerca de 110 procedimentos por mês, com o funcionamento de três salas cirúrgicas e 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), que anteriormente estavam direcionados para casos graves de Covid-19 e agora podem ser usados para atender outras patologias, graças à queda dos indicadores da pandemia.

O secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, destacou a importância dos investimentos no Conjunto Hospitalar de Sorocaba. Ele lembrou que um desses investimento está na criação de novos leitos e garantiu que há prioridade em solucionar as demandas represadas causadas pela pandemia.

Ao menos 10 novos leitos estão previstos. A diretora de Seconci, que administra o CHS, Maristela Honda, comemorou os investimentos. “Isso vem possibilitar que a gente abra novas cirurgias”, diz. Os investimentos vão influenciar diretamente os trabalhos do CHS, conforme o superintendente da instituição, Paulo Quintais. ”Vai ser essencial para que a gente possa aumentar o leque de atendimento. Esse custeio a mais vai permitir o aumento, por exemplo, de 50% nas sessões de quimioterapia”, diz.

Outras ações

Ainda em Sorocaba, o vice-governador participou da inauguração de uma Creche Escola e de um Centro de Convivência do Idoso (CCI) e fez a entrega de cartões do Bolsa do Povo. Foram entregues 365 cartões do programa Bolsa do Povo para titulares dos benefícios Vale Gás e SP Acolhe em Sorocaba. Ao todo, o município conta com 903 beneficiários na primeira etapa de concessão desses auxílios. Os cartões pré-pagos permitem o saque dos benefícios em terminais bancários eletrônicos.

O Vale Gás é um benefício de R$ 300, pago em 3 parcelas bimestrais de R$ 100, que está garantindo a compra de botijões de gás de cozinha (GLP 13kg) para mais de 420 mil famílias paulistas em situação de extrema pobreza e pobreza.

O programa SP Acolhe beneficiará mais de 15 mil famílias inscritas no CadÚnico, com renda mensal de até três salários mínimos e que tenham perdido pelo menos um membro do núcleo familiar para a Covid-19. Com investimento total de cerca de R$ 20 milhões, o benefício de R$ 1.800 será pago em 6 parcelas mensais no valor de R$ 300, entre os meses de julho e dezembro de 2021. (Marcel Scinocca)