Buscar no Cruzeiro

Buscar

Covid-19

Cidade tem 36 mortes, 309 novos casos e queda nas internações

De acordo com a Secretaria da Saúde de Sorocaba, 446 pessoas estavam internadas em unidades de saúde da cidade

08 de Julho de 2021 às 00:01
Marcel Scinocca [email protected]
Boletim epidemiológico atualiza os números da doença em Sorocaba
Boletim epidemiológico atualiza os números da doença em Sorocaba (Crédito: Arte JCS)

O número de pessoas internadas em Sorocaba em função do novo coronavírus manteve a tendência de queda nesta quarta-feira (7). Entretanto, a cidade registrou 36 mortes e 309 novos casos. Os dados são da Secretaria de Saúde (SES).

De acordo com as informações, 446 pessoas estavam internadas em unidades de saúde da cidade. É o menor número ao menos desde 2 de junho. Desse total, 237 estavam em UTI, também o menor patamar no período. Vale lembrar que a cidade já chegou a apresentar 601 pessoas internadas, em 11 de junho, e 299 pessoas em UTI, em 22 de junho. Vale lembrar ainda que essas internações dizem respeito ao total de pacientes na rede de saúde pública e privada, incluindo moradores de outras cidades.

Quando o número se refere somente a pacientes residentes em Sorocaba, o número oscilou para baixo, com 345 internações. A quantidade de moradores da cidade em UTI é a menor em 38 dias. Isso porque 167 pessoas estavam internadas ontem, neste tipo de leito, sendo o menor número desde 21 de maio.

A cidade ainda tinha fila de espera de oito pessoas para leitos Covid, sendo sete para UTI e uma para leitos de enfermaria. Mesmo com as reduções, a cidade tinha cinco unidades de saúde com 100% de ocupação em UTI. Era o mesmo número de unidades que estavam com 100% de ocupação para leitos de enfermaria.

Sorocaba também registrou aumento do número de recuperados da Covid-19, chegando ao total de 71.351, com 640 novos registros. Os casos confirmados com a doença passaram de 74.567 para 74.876, com 309 novas confirmações.

O número de pessoas com suspeita de contaminação pelo coronavírus e que aguardam resultados aumentou de 379 para 616. Outras 830 estavam em isolamento domiciliar. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 137.189.

Mortes

Os óbitos confirmados com a pandemia aumentaram para 2.451, com 36 novas mortes. As vítimas tinham entre 31 e 91 anos. Segundo os dados, 11 delas não tinham fatores de risco para o novo coronavírus. As mortes ocorreram entre 18 de junho e 7 de julho.

Cinco mortes foram na rede particular de saúde. Entre as 29 da rede pública, nove foram em unidades de urgência e emergência. (Marcel Scinocca)