Buscar no Cruzeiro

Buscar

Estiagem

Salto dá início a sistema de racionamento para não faltar água

Cidade une-se a Itu para enfrentar a pior estiagem do último século considerada por especialistas

08 de Julho de 2021 às 00:01
Marina Bufon [email protected]
 Salto não é abastecido por represas, mas, sim, por meio da captação de água nos ribeirões Piraí e Buru
Salto não é abastecido por represas, mas, sim, por meio da captação de água nos ribeirões Piraí e Buru (Crédito: PEDRO FRANÇA / ARQUIVO AG. SENADO)

De forma parecida com a que está ocorrendo em Itu, a cidade de Salto, por meio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) iniciou nesta quarta-feira (7) a aplicação da fase azul do Plano de Racionamento de Água. O motivo é o mesmo do município vizinho: enfrentar a pior estiagem dos últimos 100 anos, com déficit severo de chuvas na região.

No entanto, Salto não é abastecido por represas, mas, sim, por meio da captação de água no Ribeirão Piraí (principal manancial de abastecimento), por meio da ETA Bela Vista, e no Ribeirão Buru, por meio da ETA João Jabour.

Na terça-feira (6), o nível de captação caiu e, por isso, foi necessária a implementação da fase azul do plano. No Piraí, são, normalmente, captados 370 litros por segundo, mas estava em 325 litros, enquanto, no Buru, normalmente é de 80 litros por segundo, mas estava em 65.

Divisão ocorre em dois grupos

As duas ETAs foram divididas, cada uma, em grupos A e B. Nessa fase, bairros do primeiro grupo da ETA Bela Vista, como Morro da Mata, Residencial Parque Laguna e Village Torre de Pedra, ficaram sem água por 12 horas consecutivas (das 8h às 20h de quarta-feira, 7 de julho) e tiveram água no período da noite desta quarta-feira (7) e terão também nesta quinta-feira (8).

A água voltará a ser fechada nesta sexta-feira (9) e assim sucessivamente. O grupo B, com bairros como Bela Vista, Jardim Paraíso e Centro, segue o cronograma inverso: a água foi fechada na noite desta quarta-feira (7) e retorna às 8h desta quinta (8). Esses bairros terão água nesta quinta (8) o dia todo e terão a água fechada novamente às 20h desta sexta (9).

Já os bairros abastecidos pela ETA João Jabour do grupo A, como Santa Rita e Portal dos Bandeirantes, ficarão sem água nesta quinta-feira (8) -- das 8h às 20h --, com retorno no período noturno e mantida até 8h do sábado (10), perfazendo o roteiro de 12 horas sem água e 36 horas com atendimento.

Já o grupo B, como Nova Era e São Judas, ficaram sem água nesta quarta-feira (7) até 20h, com retorno às 20h e permanecendo até 8h desta sexta(9), e assim sucessivamente.

Esta é a primeira fase do Plano, que ainda pode alcançar as cores amarela (12h com abastecimento e 12 horas sem), laranja (24 horas com abastecimento e 24 horas sem) e vermelha (12 horas com abastecimento e 36 horas sem), a depender das necessidades do município. Não há expectativa quanto ao retorno ao abastecimento normal.

Economizar para não faltar

O Saae indica que a melhor forma de evitar mais racionamento de água é economizar, porque quanto mais pessoas fizerem isso, melhor fica o abastecimento da cidade. Por fim, o órgão aposta bastante na comunicação, seja pelo site oficial, seja por Telegram, carros de som, panfletagem e rádio, com a finalidade de avisar a população sobre quais regiões estão com e sem água e quando será retomado o abastecimento nos bairros.

Em Itu, o sistema de rodízio de abastecimento de água começou na última terça-feira (6), mas no sistema 24h/24h, com bairros divididos em dois blocos. Ontem, o nível dos mananciais foi atualizado, os quais agora estão operando com 35,8% da capacidade média. Na terça-feira (6), era 39,2%.

Nas duas cidades está havendo fiscalização em relação ao desperdício da água, com possível aplicação de multas. Em Salto, até o dia 15 de julho, em parceria com a Guarda Civil Municipal, haverá aconselhamento educativo, mas, a partir do dia 16, quem desperdiçar água será multado em um terço do salário mínimo. (Marina Bufon)