Buscar no Cruzeiro

Buscar

Sorocaba

Ministro participa de Fórum Contra Drogas no Parque Tecnológico

Sorocaba é a primeira cidade escolhida para sediar o evento fora de Brasília

21 de Junho de 2021 às 10:57
Ana Claudia Martins [email protected]
Ministro da Cidadania foi até o Parque Tecnológico de Sorocaba para participar do Fórum Permanente Contra Drogas.
Ministro da Cidadania foi até o Parque Tecnológico de Sorocaba para participar do Fórum Permanente Contra Drogas. (Crédito: Fábio Rogério)

O ministro da Cidadania, João Roma, participa na manhã desta segunda-feira (21), em Sorocaba, do Fórum Permanente de Mobilização Contra as Drogas. O evento, organizado pelo Ministério da Cidadania, em parceria com a Prefeitura de Sorocaba, acontece no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS).

Roma chegou ao local pouco antes das 10h e parou para falar com a imprensa. O ministro disse que Sorocaba foi escolhida pela primeira vez para sediar o evento porque a cidade tem apresentado resultados positivos no combate às drogas, além de uma abordagem diferente na questão da dependência química. “O combate às drogas é um grande desafio para o Estado brasileiro e para a nossa sociedade, e temos o exemplo aqui em Sorocaba de superação nessa questão com bons resultados”, afirma.

Ministro da Cidadania foi até o Parque Tecnológico de Sorocaba para participar do Fórum Permanente Contra Drogas. - Fábio Rogério
Ministro da Cidadania foi até o Parque Tecnológico de Sorocaba para participar do Fórum Permanente Contra Drogas. (crédito: Fábio Rogério)

O ministro também falou sobre as políticas públicas sociais como novas parcelas do auxílio emergencial por conta da pandemia da Covid-19. Segundo Roma, os valores das parcelas deverão ser os mesmos e o anúncio da prorrogação do auxílio deverá ser feito ainda nesta semana pelo governo federal.

Já o prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga (Republicanos), disse que a cidade assina no evento um termo de colaboração com o Ministério da Cidadania para que Sorocaba inicie um projeto-piloto de prevenção e recuperação de usuários de drogas e álcool, além de capacitação profissional e credenciamento de centros terapêuticos para ampliação de vagas de tratamento e internação. “Esse projeto-piloto inicia em Sorocaba e depois será levado para os municípios da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) e também para o País todo”, disse Manga.

O prefeito de Sorocaba disse ainda que, por conta do projeto-piloto, a Prefeitura de Sorocaba irá recriar o Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas. É a primeira vez que o Fórum é realizado fora de Brasília e tem como anfitrião o prefeito Rodrigo Manga, que foi escolhido, neste ano, como vice-presidente de Políticas sobre Drogas da Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

Ministro da Cidadania foi até o Parque Tecnológico de Sorocaba para participar do Fórum Permanente Contra Drogas. - Fábio Rogério
Ministro da Cidadania foi até o Parque Tecnológico de Sorocaba para participar do Fórum Permanente Contra Drogas. (crédito: Fábio Rogério)

Durante o encontro, que segue todos os protocolos sanitários preventivos contra a Covid-19, será assinado o Termo de Cooperação Técnica entre a Prefeitura de Sorocaba e o Governo Federal, para o desenvolvimento e a implantação de ações de redução da demanda por drogas, prevenção, promoção à saúde, cuidado, tratamento, acolhimento, apoio, mútua ajuda e reinserção social, em consonância com a nova Política Nacional sobre Drogas PNAD.

O compromisso será assumido diretamente com a Secretaria de Cuidados e Prevenção às Drogas (Senapred), do Governo Federal, responsável também por articular a realização do Fórum. O evento reúne além do ministro da Cidadania e dos prefeitos integrantes da Frente Nacional e de cidades da Região Metropolitana, deputados, vereadores, secretários municipais, representantes da sociedade civil, entidades, instituições assistenciais, forças de segurança pública e profissionais que atuam na área de políticas sobre drogas.

Antes do início do evento no PTS, Manga concedeu entrevista à imprensa e anunciou que Sorocaba irá vacinar contra a Covid-19 mais três grupos: jornalistas, coletores de lixo e lactantes. O prefeito disse que os detalhes da imunização desses grupos serão anunciados já nos próximos dias.