Buscar no Cruzeiro

Buscar

Luto

Morre o advogado Ricardo Maluf, vítima da Covid-19

Ele estava internado havia pelo menos 15 dias em um hospital particular de Sorocaba

07 de Junho de 2021 às 20:02
Marcel Scinocca [email protected]
Ricardo Maluf teve contribuição junta à OAB para concretização da Lei Orgânica de Sorocaba
Ricardo Maluf teve contribuição junta à OAB para concretização da Lei Orgânica de Sorocaba (Crédito: (Arquivo JCS /08/12/2012))

Morreu, de Covid, nesta segunda-feira (7), aos 56 anos, o advogado Ricardo Maluf. Ele estava internado havia pelo menos 15 dias no hospital Unimed. O comunicado foi feito pela esposa Ana Claudia Augusto Ribeiro Maluf, em uma rede social.

No Facebook, Ana Claudia, consternada, afirmou que perdia o grande amor de sua vida. “Retornou à Pátria Espiritual. Que dor...”, disse.

Em nota, a OAB Sorocaba lamentou o falecimento. “Com pesar e consternação que a 24ª Subseção Sorocaba da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) soube do falecimento do advogado Ricardo Maluf, que há dias lutava contra a Covid. Pessoa querida entre os colegas, solidário e presente, Maluf, tinha como traço marcante o seu bom humor, a alegria e desprendimento. Foi sempre atuante nas gestões da Ordem do Advogados, muito embora nunca tenha assumido formalmente um cargo de direção, sua autoridade decorria da competência e seriedade com que tratava a advocacia. A advocacia de Sorocaba perde uma grande personalidade”, diz o documento, assinado pelo presidente Márcio Leme.

O promotor de justiça Jorge Alberto Marum também se manifestou. Eles se conheciam desde a faculdade, quando foram contemporâneos. “Uma pessoa muito querida. Sempre alegre e pronto a ajudar as pessoas. Profissional reconhecido e cidadão atuante e pai de família exemplar. Meus pêsames à família”, escreveu Marum.

A instituição mantenedora da Faculdade de Direito de Sorocaba (Fadi), onde Ricardo Maluf se formou, divulgou nota de pesar. “O Conselho Superior da Fundação Educacional Sorocaba (FES), mantenedora da Faculdade de Direto de Sorocaba, registra com pesar o falecimento de seu membro Ricardo Maluf. Todos os membros do Conselho Superior manifestam gratidão pelo trabalho desempenhado ao longo dos últimos anos, rogando a Deus que conforte seus familiares”, diz a nota.

Formado pela Fadi na turma de 1986, o advogado foi eleito como representante da sociedade no Conselho Superior da FES, em 22.06.2011. Ele também era presidente da Comissão de Bolsas de Estudos da instituição.

“Foram várias empreitadas juntos. Em 1989, num dos primeiro mandatos meu na OAB, criamos várias comissões temáticas para trabalhar na questão da Lei Orgânica do Municipio. Ele participava da Comissão de Esportes. Deu uma grande ajuda”, afirma o advogado Delgado Lopes. “Foi sempre meu parceiro. Estou muito triste. Era uma pessoa que admirava muito”, acrescenta.

O Conselho de Administração da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), mantenedora do jornal Cruzeiro do Sul, disse em nota que lamenta “profundamente a perda do grande advogado, amigo e cidadão exemplar Ricardo Maluf”. “Rogamos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos. A cidade perde uma grande força”, diz a nota assinada por César Augusto Ferraz dos Santos, presidente do Conselho.

O Clube de Campo de Sorocaba também divulgou material no qual presta solidariedade à família. Maluf foi membro do Conselho Deliberativo da instituição.

“Sorocaba recebe a triste notícia de mais um de seus grandes nomes levados pela Covid. Rendemos nossas homenagens ao nosso amigo-irmão, também querido por incontáveis sorocabanos, Dr. Ricardo Maluf. Elevamos nossos corações e orações para que Deus, na sua infinita misericórdia, console e conforte toda a família, esposa, filhos, enfim, todos. Ricardo foi exemplo. Sorocaba perde um cidadão ímpar”, publicou o professor e economista Flaviano Agostinho de Lima.

O supultamento ocorrerá no Memorial Park, às 10h30. Ele deixa mulher e dois filhos. (Marcel Scinocca)