Buscar no Cruzeiro

Buscar

Coronavírus

Confirmado outro caso da variante sul-africana

01 de Maio de 2021 às 00:01
Marcel Scinocca [email protected]
Também conhecida como B.1.351, variante foi identificava em Sorocaba.
Também conhecida como B.1.351, variante foi identificava em Sorocaba. (Crédito: JORNAL DA USP)

Sorocaba registrou mais um caso da variante sul-africana do novo coronavírus. A informação foi confirmada em reunião do Conselho Municipal de Saúde (CMS), realizada na quinta-feira (29). O paciente é filho da mulher que já teve confirmada a variante, no mês passado. A família reside na zona norte de Sorocaba e está recuperada.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Sorocaba, Ana Paula Diegues, a segunda infecção pela variante não apresentava mutações, ao contrário do que ocorreu com a variante da mãe. Ainda conforme ela, os primeiros sintomas da Covid-19 apareceu no filho da mulher, em 4 de março e na mãe, a primeira vítima confirmada, em 5 de março.

A variante sul-africana do coronavírus, conhecida como B.1.351, foi identificada pela primeira vez no Brasil, por meio de análises genéticas, em uma amostra coletada na cidade. A descoberta foi feita por um grupo de pesquisadores reunidos em uma rede de vigilância genômica que monitora a disseminação do vírus da Covid-19 no Estado de São Paulo, coordenada pelo Instituto Butantan e com participação da Universidade de São Paulo (USP) e outras instituições de pesquisa. A confirmação ocorreu em 31 de março.

Diferentemente do caso confirmado nesta semana, a linhagem identificada pela primeira vez em Sorocaba compartilhava 15 mutações com o isolado inicialmente caracterizado na África do Sul porém, não apresentava seis dessas mutações definidoras e tem em seu genoma nove mutações exclusivas.

Segundo a Prefeitura de Saúde de Sorocaba (SES), a família encontra-se recuperada da Covid-19. (Marcel Scinocca)