Sorocaba e Região

Munícipe reclama do som alto na festa junina

O som dos shows apresentados no palco da Festa Junina Beneficente de Sorocaba, que está sendo realizada no Parque das Águas, no Jardim Abaeté, motivou reclamação de uma moradora do bairro vizinho Jardim Maria do Carmo. Patrícia de Oliveira Leis reside no local há 25 anos e, segundo ela, a situação se complicou nos últimos dias. “Este ano está insustentável porque tem mega shows”, diz. Afirma ela que os shows estão começando tarde e terminando por volta da 1h. “Fecho a janela, fecho tudo e não adianta. Dá para escutar como se fosse do meu quarto”, afirma. Patrícia conta que mora a 500 metros de onde ocorrem as apresentações.

A munícipe diz também que o marido chegou a registrar reclamação na Prefeitura esta semana, mas que não teria recebido retorno. “Vou sair da cidade, dormir na casa de um parente. Se continuar assim, vou me mudar do bairro”, promete. Patrícia fez um post em uma rede social e outras pessoas argumentaram que também estavam ouvindo o som gerado pelo evento, mesmo morando mais de dois quilômetros do local.

Leia mais  Retirada de banheiros desagrada a feirantes

A prefeitura de Sorocaba informou que o horário da Festa Junina é de terça a sexta-feira, das 19h às 23h (exceto em dias de shows maiores, que termina à 0h), sábados, das 19h às 0h e domingos, das 16h às 23h. “Os horários da lei do silêncio estão sendo respeitados”, alega. A Prefeitura informa ainda que não recebeu reclamação este ano, mas que a Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur) já comunicou a Associação das Entidades Participantes da Festa Junina Beneficente de Sorocaba (Afejubes), responsável pelo evento, para verificar a reclamação. A Afejubes disse que tem alvará até 0h30 e que esse horário está sendo respeitado. (Da Redação)

Comentários

CLASSICRUZEIRO