Sorocaba e Região

Mulheres empreendedoras fazem encontro em Sorocaba

Congresso reuniu empresárias e especialistas em liderança feminina e oportunidades de mercado
Elas são mulheres empreendedoras
Congresso de Empreendedorismo Feminino reuniu 52 mulheres. Crédito da foto: Fábio Rogério

Um grupo de 52 mulheres se reuniu neste sábado (09) em Sorocaba para uma programação de atividades focada em negócios, liderança, oportunidades de mercado, entre outros itens de empoderamento feminino habitualmente relacionados com o universo masculino. “Estou achando literalmente transformador”, disse Marta Mayara, de 31 anos, representante da marca Fabiana Abdalla de semijoias em pedras naturais.

Denominado Congresso de Empreendedorismo Feminino de Sorocaba e realizado das 8h30 às 16h30 no Sorocaba Park Hotel, no Jardim Saira, o encontro movimentou uma programação de rodada de negócios entre as mulheres, exposição de trabalhos, trocas de experiências e palestras de psicólogas, radialistas e empreendedoras. A radialista Maria Helena Amorim, da radio Cruzeiro Fm 92,3, participou do evento. A renda arrecadada foi destinada ao Instituto Ibraper, entidade que cuida de pacientes nas áreas de tratamento de ostomizados e oncológicos.

Elas são mulheres empreendedoras
Fabiana Abdalla tem uma marca de semijoias. Crédito da foto: Fábio Rogério

Cada participante do congresso tinha uma história de realizações ou de expectativas e o resultado favoreceu um conjunto de troca de experiências, inspiração e motivação. A designer de joias Fabiana Abdalla, de 44 anos, por exemplo, criou há 8 anos o negócio de semijoias em pedras naturais depois de trabalhar em área administrativa de empresa: “Resolvi fazer o que eu gosto, me encontrei nessa área.” O novo trabalho a coloca em conexão com pessoas em casas, grupos de mulheres e redes sociais.

Marta Mayara, além de trabalhar com a marca de Fabiana, também tem o seu negócio relacionado com beleza, bem-estar e saúde: “O objetivo é nos conectar com o espírito feminino e viver o masculino e o feminino não com o objetivo de competição, mas de colaboração.” A designer de interiores Flávia Thaís Machado, de 43 anos, falou sobre suas impressões do encontro: “É um despertar de mudança de pensamento.”

Paixão pelo negócio

Elas são mulheres empreendedoras
Alessandra trabalha com créditos para os pequenos. Crédito da foto: Fábio Rogério

Especialistas em suportes para os negócios também esclareceram dúvidas para as mulheres. E as especialistas também eram mulheres. A fundadora do Banco Pérola, Alessandra Gonçalves de França, de 33 anos, que trabalha com créditos destinados a micros e pequenos empreendedores, com base em avaliações de mercado, disse que os casos que mais deram certo foram os de empreendedores que tomaram créditos quando tinham os negócios como vocação, e não como passatempo. E os negócios que fracassaram tiveram relação com pessoas que entravam em setores do mercado por necessidade ou para resolver um problema. Também disse que a paixão pela área escolhida tem que estar associada à organização financeira em casa e no negócio.

Elas são mulheres empreendedoras
Tâmara Custódio é CEO do Pé de Oferta. Crédito da foto: Fábio Rogério

A jovem Tâmara Custódio, de 33 anos, CEO da Pé de Oferta, falou sobre um aplicativo de composição de preços para quem quer economizar. A psicóloga com foco em saúde mental feminina Rosa Costa, de 34 anos, especialista em desenvolvimento humano e fundadora da Clarear Casa de Transformações Humanas, fez palestra sobre liderança da mulher. Segundo Rosa, na sociedade que reforça as habilidades masculinas, “falar de liderança feminina é fortalecer as características da mulher como acolhimento, diálogo e relações mais gentis”.

A psicóloga Bárbara Adele de Moraes, de 39 anos, disse que a troca de experiência entre as mulheres pode levá-las a fazer atividades diferentes e desenvolver sensibilidade “para pensar algum caminho para a minha história.

Comentários