Eleições 2020 Sorocaba e Região

MPE recebe nova denúncia sobre possível boca de urna

De acordo com o promotor, em tese, a situação pode interferir na liberdade de voto dos eleitores

O Ministério Público Eleitoral (MPE) recebeu uma nova denúncia envolvendo possível situação de boca de urna. Desta vez, os relatos envolvem as eleições do primeiro turno e foi feita por um candidato a vereador que não conseguiu se eleger pelo Republicanos. Em representação, ele fala da suposta prática pelo partido. Já há em curso uma investigação pela Polícia Federal contra a coligação de Rodrigo Manga, candidato a prefeito pelo Republicanos, .

Ao promotor eleitoral Fabricio Pereira de Oliveira, o autor da representação cita que constatou o planejamento e realização da boca de urna, no primeiro turno das eleições municipais. Ele cita, inclusive que houve pagamento para que os denominados “fiscais‘ do partido. Ele ainda teria constatado o planejamento e organização de grupos de redes sociais, gerenciados pelos coordenadores de campanha do partido Republicanos, para atacar os adversários. Ele também teria presenciado o pagamento de pessoas para divulgação e ações, em dinheiro vivo, para o segundo turno da campanha.

Leia mais  Rede municipal volta às aulas no dia 8 de fevereiro

Segundo o promotor, os fatos narrados foram anexados ao processo da Polícia Federal que investiga a questão de boca de urna, após a divulgação de vídeo, em que ao menos uma pessoa, ligada a Rodrigo Manga, e na presença dele, agem de forma que o MPE entendeu que poderia ocorrer boca de urna no próximo domingo.

De acordo com o promotor, em tese, a situação pode interferir na liberdade de voto dos eleitores. Como o caso ainda está sendo investigado, não há qualquer interferência para o partido Republicanos, no que diz respeito ao pleito de domingo.

Coligação

Em nota, a coligação de Manga diz que essa é mais uma tentativa sem provas e fundamento legal, “cujo único objetivo é criar fatos jornalísticos que produzam algum efeito eleitoral”. “A coligação vê esses acontecimentos com muita tranquilidade, pois lideramos todas as pesquisas e essa forma de fazer política já era esperada por quem não tem outra alternativa, senão atacar.” (Marcel Scinocca)

Comentários