Sorocaba e Região

MP abre inquérito para investigar acidente na Raposo Tavares

No dia 13 de março, quatro pessoas morreram no quilômetro 98 da rodovia
MP abre inquérito para investigar acidente na Raposo Tavares
O acidente foi registrado na pista sentido São Paulo da Raposo Tavares. Crédito da foto: Vinicius Fonseca (13/3/2020)

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) abriu um inquérito civil para investigar o acidente ocorrido sexta-feira (13) na rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Sorocaba. Nele, quatro pessoas morreram.

O fato aconteceu no quilômetro 98 da Raposo Tavares. O procedimento investigatório foi aberto terça-feira (17) pelo promotor Jorge Alberto Marum.

No inquérito civil, o promotor pede informações para a Polícia Militar Rodoviária e para a concessionária CCR Viaoste, que administra o trecho da Raposo Tavares. O promotor quer saber as condições de segurança do local, bem como o número de acidentes nos últimos cinco anos.

Marum, para instaurar o inquérito, leva em consideração que a área, em função do acidente, apresenta incolumidade pública, ou seja, risco coletivo. Com isso, as causas do acidente precisam ser investigadas, de acordo com ele.

A ViaOeste afirmou que não foi notificada sobre a investigação. A Polícia Militar Rodoviária, questionada via Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, não comentou a questão.

Quatro mortos

O acidente que vitimou quatro pessoas aconteceu por volta das 4h40 da sexta-feira feira (13). Houve uma série de colisões envolvendo automóveis de passeio, uma van e caminhões.

Ao menos 16 veículos se envolveram no engavetamento. Além das quatro pessoas que morreram, outras 47 ficaram feridas.

Leia mais  Carreta fica pendurada em viaduto da Raposo em Sorocaba

 

O trecho em que ocorreu o acidente já registrou outros 21 acidentes entre 2015 e 2019. As informações foram divulgadas pela ViaOeste, concessionária do grupo CCR que administra a via. No mesmo período, conforme o levantamento solicitado pelo jornal Cruzeiro do Sul à concessionária, houve o registro de 14 vítimas sobreviventes nesses acidentes.

Segundo inquérito

Esse é o segundo inquérito aberto pelo promotor para investigar acidentes na Raposo Tavares, somente em 2020. O primeiro foi aberto no final de janeiro, após a morte do ex-prefeito de Sorocaba José Theodoro Mendes em um acidente automobilístico no quilômetro 84 da rodovia. (24), O fato ocorreu perto do bairro de Brigadeiro Tobias. (Marcel Scinocca)

Leia mais  Deputado vai solicitar melhorias para rodovia Raposo Tavares
Comentários