Sorocaba e Região

Mortes por coronavírus sobem 251% na região de Sorocaba

De acordo com os dados, 108 novos óbitos foram registrados entre 6 de maio e 3 de junho
Com menos carros nas ruas, ar em Sorocaba tem melhora na qualidade
Crédito da foto: Pedro Negrão / Arquivo JCS (30/6/2015)

O número de óbitos confirmados por novo coronavírus (Covid-19) nas 27 cidades da Região Metropolitana de
Sorocaba (RMS) aumentou 251% em quatro semanas. O índice resulta de levantamento realizado nesta quarta-feira (3) pelo jornal Cruzeiro do Sul com base em dados oficiais fornecidos pelos municípios. Percentualmente, o aumento no número de casos confirmados da doença foi ainda maior, e pode ter relação com o aumento de testes: 400%.

De acordo com os dados, 108 novos óbitos foram registrados entre 6 de maio e 3 de junho. As mortes eram 43 até o período do levantamento, e até esta quarta-feira (3) totalizavam 151—com aumento percentual de 251%. Cidade mais populosa da RMS, Sorocaba é a que possui o maior número real de óbitos: 53.  Em 6 de maio, eram 23. O crescimento foi de 130% nos 28 dias analisados.

Percentualmente, entretanto, algumas cidades apresentaram crescimento mais robusto. Itu, por exemplo, teve aumento de mais de 300% no número de casos, subindo de cinco óbitos para 21. A mesma situação ocorreu com Ibiúna, que aumentou de dois para nove. Entretanto, foi em Tatuí que houve o maior crescimento percentual: de uma morte confirmada para 11, ou seja, 1000%.

Há casos, ainda, de cidades que ainda não contabilizavam óbitos em 6 de maio e agora têm mortes registradas. Dez cidades não possuíam óbito no início do mês passado e passaram a registrar. São elas: Alumínio, uma morte; Boituva, cinco; Mairinque, três; Pilar do Sul, dois; Porto Feliz, três; Salto, um; Salto de Pirapora, dois; São Miguel Arcanjo, quatro; Tapiraí, dois; e Votorantim, 10.

Araçoiaba da Serra, Sarapuí e Tietê são as três cidades que não possuem óbitos pelo novo coronavírus na Região Metropolitana de Sorocaba. A mesma situação ocorre com Jumirim. Entretanto, a cidade sequer possui casos confirmados, conforme a Prefeitura da cidade.

Casos confirmados

Os casos confirmados na RMS eram 513 em 6 de maio. O número cresceu para 870 em 13 de maio, e foi para 1.409 uma semana depois. Na semana seguinte, em 27 de maio, chegou a 1.964. Na comparação desta semana com a semana passada, ou seja, em sete dias, o aumento foi de 30%, com 600 novos casos positivos para o novo coronavírus.

Depois de Sorocaba, que apresentou 909 novos casos no período, Itu foi a cidade que mais positivou: foi de 26 para 181, com 155 novos casos. Tatuí apresentou 151 confirmações, indo de 31 para 182. Votorantim, que em 6 de maio tinha 30 confirmações, registrou 143 casos positivos e foi a 173. Ainda com relação aos números mais expressivos, Itapetininga apresentou 89 novos casos, e Ibiúna, 82.

Outros dados

O número de casos suspeitos no mesmo período cresceu 60%, indo de 295 para 474 na RMS. Sorocaba possui o maior número de suspeitas (114), seguida por Itapetininga (66). No caso dos óbitos suspeitos, o número aumentou de oito para 13, com percentual de 62,5%. (Marcel Scinocca)

Comentários