Sorocaba e Região

Manga anuncia que antiga garagem da TCS terá complexo hospitalar

Atualmente, há um decreto que destina parte do local para ser garagem do BRT
Rodrigo Manga tomou posse como prefeito de Sorocaba. Crédito da foto: Fábio Rogério (01/01/2021)

O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) afirmou na sexta-feira (1), logo após tomar posse, que o local conhecido como antiga garagem da TCS, na zona norte de Sorocaba, terá um complexo hospitalar até 2022. Atualmente, há um decreto que destina parte do local para ser garagem do BRT. Na área pública, comprada na gestão de Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), em 2014, por R$ 13 milhões, já há serviços públicos relacionados à saúde.

De acordo com o prefeito, no local haverá uma policlínica, um hospital e ainda a área poderá contar com serviços de saúde mantidos pelo Estado, como um centro de diagnóstico e outro centro para a realização de hemodiálise. “Vamos começar um estudo para realizar isso por meio de Parceria Público-Privada (PPP)”, diz Manga. “Processo semelhante existe: o novo Hospital Regional e outros hospitais pelo País”, acrescenta.

Leia mais  Votorantim suspende entrega de ovos do kit alimentação

Questionado pela reportagem se daria para esperar algo para 2022, o chefe Rodrigo Manga é enfático. “Com certeza. O lançamento do edital será ainda em 2021e em 2022 quero estar iniciando com a pedra fundamental para que a gente comece esse grande sonho da cidade de Sorocaba”, comenta. Manga ainda respondeu sobre as informações de área contaminada do terreno. De acordo com ele, mesmo na transição foram pedidos laudos que mostrem dados sobre a eventual contaminação, que não forem entregues.

A resposta do prefeito sobre o complexo veio após o chefe do Executivo ser questionado pelo Cruzeiro do Sul se revogaria o decreto de dezembro que cede parte da área para a empresa que opera o sistema BRT em Sorocaba para que o terreno seja usado como garagem. De acordo com Rodrigo Manga, a revogação do decreto será apresentado na semana que vem. Na segunda-feira (4) deverá ocorrer uma cerimônia de revogação. Na mesma data, será lançado o plano para a criar do complexo hospitalar. “Vamos, sim, realizar esse grande sonho de Sorocaba que é ter um hospital municipal. Será o nosso objetivo principal”, afirma.

Decretos assinados

Manga também assinou um decreto que aumenta a quantidade de ônibus no transporte coletivo de Sorocaba. O ato, como parte das primeiras medidas de Manga como chefe do Executivo, foi anunciado nesta sexta-feira (1), após a posse do secretariado na Câmara de Sorocaba.

Leia mais  Carro capota após colisão na Juscelino Kubitschek em Sorocaba

Conforme o documento, além do aumento regular do número de ônibus na cidade, essa situação deverá ser ampliada, com mais veículos, nos horários de pico. Porém, a medida não é imediata. Passará a valer somente na semana quem, na quinta-feira (7).

O outro decreto assinado tem a ver com a criação da comissão de estudo e elaboração para o plano de vacinação contra a Covid-19, em Sorocaba. Os trabalhos serão iniciados imediatamente. A comissão será composta por servidores públicos da Prefeitura de Sorocaba e de outras instituições.

Para as duas situações foi considerado o decreto de calamidade pública assinado no ano passado pela então prefeita Jaqueline Coutinho (PSL). (Marcel Scinocca)

Comentários