Covid-19 Sorocaba e Região

Mais cidades da Região Metropolitana de Sorocaba decretam emergência

Medidas decretadas por pandemia do coronavírus ficarão em vigência por tempo indeterminado
Jaqueline vai apresentar novas medidas para enfrentar o coronavírus
fachada do Paço Municipal de Sorocaba. Crédito da foto: Emídio Marques (11/4/2017)

Araçoiaba da Serra, Pilar do Sul, Cerquilho e Capela do Alto, na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), decretaram emergência nesta sexta-feira (20) em virtude do novo coronavírus. São 10 até agora, contando com Sorocaba, que foi a primeira, seguida por Votorantim, São Roque, Porto Feliz, Tatuí e Salto de Pirapora.

Entre as medidas que podem ser tomadas a partir de agora, em Pilar do Sul, está a possibilidade dispensa de licitação para a aquisição bens, serviços e insumos relacionados à saúde. Também foi autorizada a contratação de pessoal. Parte do transporte coletivo da saúde será suspensa. O decreto, assinado por Marco Aurélio Soares (DEM) ainda determina que repartições públicas da cidade, conforme o decreto, ficarão de portas fechadas.

Leia mais  Assessor da presidência testa positivo para coronavírus

 

O decreto da Prefeitura de Araçoiaba permite agilidade para a adoção de medidas, incluindo compras sem necessidade de licitação. O documento, assinado pelo prefeito Dirlei Salas (PV), também traz recomendações ao setor privado municipal. Entre elas, está a autorização apenas do funcionamento nos sistemas de delivery e drive thru de restaurantes e estabelecimento de venda de produtos para animais.

O prefeito Péricles Gonçalves (Cidadania) também decretou emergência em Capela do Alto. Entre as medidas está suspensa a entrada de novos hóspedes no setor hoteleiro.
Além de todas as determinações, nos locais em que a Secretaria de Saúde da cidade declarar que já foi identificado o contágio comunitário da Covid-19, as indústrias deverão operar somente com sua capacidade mínima necessária.

Em Cerquilho, o decreto do prefeito Aldo Sanson determina que, com exceção dos essenciais, prédios, centros e espaços públicos da cidade ficarão fechados por prazo indeterminado.

Comentários