Sorocaba e Região

Lippi fala sobre humanização da saúde a futuros médicos

Durante o evento, Lippi falou aos futuros profissionais sobre a importância dos atendimentos pelo SUS
Lippi fala sobre humanização da saúde a futuros médicos
Deputado federal e médico, Lippi faz palestra a estudantes. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (10/2/2020)

O deputado federal Vitor Lippi (PSDB) falou sobre a importância da humanização dos profissionais da área da saúde e da importância do Sistema Único de Saúde (SUS) para cerca de 300 estudantes do curso de Medicina da Universidade Brasil.

Vitor Lippi participou da aula inaugural do internato 2020 dos alunos do curso na manhã desta segunda-feira (10), no Auditório Municipal Francisco Beranger, em Votorantim. Também esteve presente no evento o reitor da Universidade Brasil, Adib Abdouni.

Leia mais  Lippi obtém R$ 1,4 milhão em recursos para o Conjunto Hospitalar

 

O internato hospitalar dos estudantes de Medicina corresponde ao período dos últimos anos do curso de graduação, no qual o aluno faz estágio em uma ou em várias unidades de saúde, desde Unidade Básica de Saúde (UBS) até hospital, entre outras. Os alunos farão o internato, nos próximos dois anos, em hospitais, UBSs e em Unidades Pré-Hospitalares (UPHs) de Sorocaba e de Votorantim.

Durante o evento, Lippi, que também é médico, falou aos futuros profissionais sobre a importância dos atendimentos pelo SUS e da humanização dos profissionais da saúde. “Eu vim falar muito mais como um profissional da saúde, pois fui gestor do SUS. E os estudantes precisam saber da responsabilidade que nós temos para atender a população”, destaca.

Lippi disse ainda que os atendimentos realizados pelo SUS, em sua maior parte, têm bons resultados para a população e é bem avaliado pelos pacientes. “A gente sabe dos problemas que existem, mas a gente precisa se esforçar para melhorar aquilo que não estamos conseguindo os resultados. Então, é importante falar da confiança do SUS e do resgate da credibilidade junto aos profissionais da saúde”, diz.

Leia mais  17 Unidades Básicas de Saúde oferecem grupos de caminhada

 

Vitor Lippi apontou a importância da humanização dos futuros médicos, que além da qualidade técnica, e da formação prática e profissional, é preciso levar em conta o paciente em todas as suas necessidades. “É preciso falar também, principalmente, da importância da humanização da postura do profissional de saúde. De respeitar o paciente e saber ouvir, de olhar para o paciente e entender as suas fragilidades, quer sejam pelos problemas familiares, pelos problemas sociais ou psíquicos que as pessoas têm”, diz.

Lippi desejou sucesso nessa etapa final do curso de Medicina e ressaltou a importância para os estudantes, que vão aprender na prática, em unidades de saúde pública, “em cuidar das pessoas, em todos os aspectos, sempre atentos, ouvindo, respeitando e dando atenção aos pacientes, com paciência e tolerância”, disse.

Já o reitor da Universidade Brasil, Adib Abdouni, destacou que o internato dos estudantes do curso de Medicina é uma oportunidade de aprendizagem na prática das atividades do dia a dia dos médicos, e que os alunos são acompanhados nas unidades de saúde por profissionais já formados. “É um estágio na prática em uma espécie de rodízio, onde os estudantes de Medicina têm a oportunidade de passar por várias unidades de saúde, de diferentes atendimentos, até mesmo em unidades do Caps”, diz.

Leia mais  A humanização é também do Executivo

 

O reitor destacou ainda a importância econômica para Sorocaba e Votorantim, visto que os alunos, que frequentavam as aulas do curso na cidade de Fernandópolis, agora terão de se mudar para as duas cidades, onde vão aprender a prática profissional. (Ana Cláudia Martins)

Comentários