Informação Livre Sorocaba e Região

Inscrição para custeio de transporte

É preciso ser residente em Sorocaba há mais de dois anos e matriculado em curso técnico de nível médio ou superior de graduação
Transporte
Crédito da foto: Fábio Rogério (21/4/2020)

A Secretaria de Educação de Sorocaba publicou ontem as instruções para inscrição à concessão de custeio de transporte para outros municípios.

É preciso ser residente em Sorocaba há mais de dois anos e estar matriculado em curso técnico de nível médio ou superior de graduação, autorizados pelos órgãos competentes.

Ainda pelas regras, tem de haver a inexistência, em Sorocaba, de curso que o candidato esteja frequentando. A instituição de ensino pode ser distante, no máximo, 130 km de Sorocaba. As inscrições vão até 26 de fevereiro.

Efeitos da pandemia

Mais de R$ 3,6 bilhões deixaram de entrar nos cofres dos municípios paulistas localizados no interior, no litoral e na Região Metropolitana de São Paulo no exercício de 2020.

Em razão da pandemia da Covid-19, 95,34% das Administrações editaram decreto de calamidade pública ou de
estado de emergência.

Leia mais  Operação Panaceia detém seis e recupera nove veículos

De acordo com levantamento realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), entre 1º de janeiro e 31 de dezembro, as arrecadações dos municípios paulistas (exceto a Capital), atingiram, juntas, o montante de R$ 122.243.799.879,13.

O número está aquém dos R$ 125.844.324.994,97 estimados inicialmente para os 12 meses do ano. Várias cidades
da RMS aparecem na conta do TCE.

Rodovia crítica

A situação crítica da rodovia Celestino Américo (SP-79) está mobilizando cidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) que são afetadas pelo problema. Na semana passada, uma vistoria chegou a ocorrer.

Antes, porém, uma comissão de vereadores do município de Tapiraí, composta pelo presidente da Câmara Municipal, César Roberto de Araújo (PSB), Joel Dias de Moraes (PSD), vice-presidente e Lucas Lopes Figueiredo (PSB), 2º. secretário, estiveram na Câmara de Votorantim, com o objetivo de solicitar o apoio dos parlamentares da cidade para buscar melhorias.

Leia mais  Fiscalização fecha quatro bares por falta de alvará em Sorocaba

De acordo com os vereadores, a pista encontra-se em situação caótica, e necessita de manutenção em todo trecho, além de implantação de tachões, áreas de escape, sinalização horizontal e vertical, tubulação em pontos com infiltrações e outras melhorias.

Redução

De acordo com levantamento do programa “Respeito à Vida”, da Prefeitura de Itapetininga, nos últimos quatro anos, a cidade registrou redução de 39% no número de mortes no trânsito. “Para garantir mais segurança aos motoristas e pedestres, equipes da Secretaria de Trânsito trabalham em diversos bairros de Itapetininga realizando a troca de placas e também a pintura de solo”, afirma o Executivo.

O programa também é responsável pela gestão do Infosiga SP, sistema pioneiro no Brasil e que publica mensalmente
estatísticas sobre acidentes fatais de trânsito nos 645 municípios do Estado.

Comentários