Informação Livre

Sem máscaras

O presidente da Casa, vereador Fernando Dini (MDB), saiu em defesa dos colegas
Crédito da foto: Divulgação

Durante a sessão de ontem da Câmara de Sorocaba, os parlamentares foram cobrados pelos munícipes nas redes sociais pelo fato de durante a transmissão, alguns vereadores não usarem máscaras. O presidente da Casa, vereador Fernando Dini (MDB), saiu em defesa dos colegas. “Estão em sala fechada, sozinhos e com toda a segurança”, garantiu.

Mudança no Regimento

Em primeira discussão, foi aprovado durante a sessão desta quarta-feira (15) o projeto de resolução número de 2 de 2020. A iniciativa é da Mesa Diretora da Câmara de Sorocaba e acrescenta o parágrafo 7º ao artigo 182 do Regimento Interno da Casa (Resolução n.º 322, de 18 de setembro de 2007). Essa mudança estabelece que, em caso de decretação de estado de emergência ou calamidade pública, as sessões extraordinárias poderão ser convocadas com antecedência mínima de 24 horas. Atualmente, o prazo é de 48 horas. O projeto teve parecer favorável da Comissão de Justiça.

Leia mais  A Força do Legislativo

Durante a sessão

Temas relacionados à Convid-19 estiveram na pauta dos vereadores da Câmara de Sorocaba na sessão virtual desta quarta-feira (15). A hidroxicloroquina, por exemplo, foi citada por vários vereadores durante os trabalhos. Anselmo Neto (Podemos) criticou a politização do uso do medicamento e defendeu o direito de escolha dos cidadãos. Outra questão tem a ver com a convocação de médicos de outras especialidades para atuar no hospital e campanha. Hélio Brasileiro (PSDB), que é médico, afirmou que não teria condições de deixar seu consultório para atuar na emergência, sem treinamento específico.

Inauguração on-line

Devido à pandemia do novo coronavírus, a inauguração de várias obras na cidade de Salto estão sendo realizadas de forma on-line. Os munícipes e demais interessados podem acompanhar, por exemplo, pela página da Prefeitura da cidade. Ontem a Secretaria da Educação realizou a entrega oficial da ampliação e melhorias na unidade educacional do bairro Nossa Senhora do Monte Serrat. A unidade é vinculada ao Cemus XII Professora Antonieta de Campos Buldrin Sontag, voltada à Educação Infantil II e III, que atende alunos de 4 e 5 anos. A cerimônia virtual foi conduzida pelo prefeito Geraldo Garcia, acompanhado de vereadores e de secretários municipais.

Na Alesp

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) que investiga os contratos do governo estadual com entidades do terceiro setor, vai pedir ao Ministério Público (MP-SP) o compartilhamento de documentos e informações de todos os inquéritos que tratam dessas parcerias. A mesma solicitação será feita à Procuradoria da República e ao Ministério Público de Contas (MPC), segundo a comissão. O objetivo é mapear as evidências e os indícios de irregularidades já levantados por esses órgãos para iniciar um amplo pente-fino. Somente na área da Saúde, entidades do terceiro setor recebem quase R$ 6 bilhões por ano dos cofres estaduais.

Comentários