Informação Livre

Lei contra pancadões

Lei contra pancadões
Crédito da foto: Divulgação

A Prefeitura de Sorocaba publicou ontem o decreto que regulamenta a lei que proíbe a utilização de vias públicas, praças, parques, pistas de caminhada, jardins e demais logradouros públicos para a realização por particulares de pancadões. A partir de agora, qualquer pessoa que estiver utilizando vias públicas, praças, parques, pistas de caminhada, jardins e demais logradouros públicos da cidade, bem como espaços privados de livre acesso ao público ou espaço de uso coletivo que não esteja autorizado a realização de eventos musicais que se valham de aparelhos de som, ainda que instalados em veículos automotores, estará sujeita às sanções. Bens usados no evento poderão ser apreendidos e há previsão de multa. A norma já está valendo.

Pauta da Câmara

Regras para utilização de contêineres com fins residenciais e comerciais; conscientização sobre a importância das organizações da sociedade civil; concessão de nova isenção de IPTU em função da pandemia; e alterações na lei que rege o transporte por aplicativo são temas de projetos de lei em pauta na 35ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Sorocaba. O encontro ocorre hoje, a partir das 9h. Uma matéria está em pauta em segunda discussão. Trata-se do projeto de lei número 21 de 2020, que estabelece regras específicas para a utilização de contêineres com fins residenciais e comerciais. De acordo com o projeto, a autorização para utilização de contêineres como edificação residencial ou comercial, transitória ou não, será permitida de acordo com condições específicas.

Leia mais  Major Olímpio pede comparecimento às urnas

Primeira discussão

Entra na pauta em primeira discussão o projeto de lei número 123 de 2020, que institui a Semana Municipal das Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público, a ser celebrada, anualmente, na semana que compreender o dia 15 de maio. A criação da referida semana comemorativa tem como objetivo demonstrar a importância das organizações, propiciando aos munícipes o conhecimento acerca dos serviços que essas entidades prestam e estimular a criação de políticas públicas que as fomentam. O projeto recebeu parecer favorável da Comissão de Justiça. Também em primeira discussão, será votado o projeto de lei 137 de 2020, que autoriza o município de Sorocaba a conceder nova e automática isenção ou remissão de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Representações no TCE

Levantamento preliminar realizado pelo Gabinete da Presidência do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) apontou que, durante o período de pandemia, entre os meses de março e novembro, o órgão recebeu mais de 1.500 representações contra editais de licitações lançados no mercado. No período analisado, entre o dia 1º de março até a segunda-feira (16), foram autuados 1.581 pedidos movidos por cidadãos, empresas, autoridades, partidos e representantes de organizações. Desse total, apenas dois são referentes à realização de concursos públicos o restante, 1.579 casos, está ligado a contratações para prestação de serviços, obras e compras públicas.

Comentários