Informação Livre

Gabarito do Encceja sai dia 6 de setembro

Segundo dados do Inep, órgão que coordena a aplicação do exame, esta edição teve 2.973.375 inscritos
Gabarito do Encceja sai dia 6 de setembro
Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS

A prova nacional do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) foi aplicada no domingo pelo Ministério da Educação (MEC) em 611 cidades, incluindo Sorocaba. De acordo com o MEC, o gabarito será liberado no dia 6 de setembro.

Segundo dados do Inep, órgão que coordena a aplicação do exame, esta edição teve 2.973.375 inscritos. Destes, 356.326 desejam obter o certificado de conclusão do ensino fundamental e 2.331.799, querem o certificado do ensino médio.

Durante a aplicação da prova, os estudantes tiveram que desenvolver uma redação. Para o ensino fundamental o tema foi “Novas formas de consumo consciente”, e para o ensino médio, “A organização do tempo e o acesso às redes sociais”.

Mudança de data

Foi adiada a entrega de títulos de regularização fundiária, em Sorocaba, que ocorreria no sábado (24) em uma cerimônia no Núcleo Habitacional Gualberto Moreira, na região do Bairro dos Morros. A previsão era de que o secretário de Habitação do Estado de São Paulo, Flavio Amary (PSDB), participasse do evento. A entrega seria mais uma etapa do programa estadual Cidade Legal. A nova data ainda não foi divulgada.

Acompanhando as contas

A plataforma Visão Social de Relatórios de Alertas-LRF (Visor) permite ao cidadão acompanhar as contas públicas dos municípios paulistas. Lançada pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), em abril, a ferramenta dá a opção para o internauta “navegar” por meio de um mapa, e localizar, de forma interativa, quais municípios receberam alertas emitidos pelo TCE por se encontrarem em situação de desconforto frente ao previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O sistema registrou um pico de 2.920 consultas dia 19 deste mês, data em que foram divulgados os dados relativos ao Relatório Resumido de Execução Orçamentária (RREO), referentes ao 3º bimestre de 2019.

Leia mais  Prefeito Rodrigo Manga espera reclassificação para Sorocaba e região

Sem pai

No sábado (24), o Cruzeiro do Sul publicou uma matéria falando do atraso na construção de unidades de educação que vão beneficiar crianças e adolescentes dos residenciais Carandá e Altos do Ipanema 2. O problema é que não há quem justifique o atraso, que seria por falta de repasses para a construtora responsável. A Caixa alegou que o caso é de responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Social (extinto e agregado ao Ministério da Cidadania). Essa pasta afirmou que a responsabilidade é do Ministério da Educação. No caso da obra pronta, certamente haverá disputa pela paternidade.

Interlocução

E por falar em atraso na construção de unidades de educação para o Carandá e o Altos do Ipanema 2, esta é uma boa oportunidade para os deputados eleitos por Sorocaba, Vitor Lippi (PSDB) e Jefferson Campos (PSB), verificarem exatamente onde está o “x” do problema e usarem o poder de interlocução com instâncias em Brasília para que a cidade tenha uma resposta sobre quando será resolvida a questão do repasse de recursos, quando as obras serão retomadas e entregues.

Leia mais  Câmara publica Lista de remunerações do Legislativo

Contagem regressiva

Falta um ano para as campanhas visando às eleições municipais estarem nas ruas, nas redes sociais, e prestes a começarem nos programas gratuitos de rádio e televisão. Um ano, em termos de calendário eleitoral, passa rápido. Por isso, entre os postulantes aos cargos de prefeito e vereador, muitos já passaram da fase dos cálculos sobre as possibilidades de disputa. E já fazem contagem regressiva, com direito a ansiedade.

Comentários