Informação Livre

Estado-nação

No Fórum Econômico Mundial em Davos, no começo do ano, o governador João Doria apresentou São Paulo como um “Estado-nação”
Estado-nação
Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (30/1/2019)

No Fórum Econômico Mundial em Davos, no começo do ano, o governador João Doria apresentou São Paulo como um “Estado-nação” para os presentes. A ideia, além de atrair investidores, era também mostrar a estrutura e a capacidade que o Estado possui — e o turismo inserido entre as prioridades. “Vamos estimular investidores para setores estratégicos da economia de São Paulo, como o agronegócio, indústria de transformação, setor de tecnologia, economia criativa e turismo”, disse.

Social

A Secretaria de Desenvolvimento Social de São Paulo assinou o repasse de R$ 27,5 milhões para 121 municípios das regiões de Campinas, Itapeva e Sorocaba. As transferências serão feitas por meio do Fundo Estadual da Assistência Social (Feas) para os Fundos Municipais. Os municípios aplicarão o recurso em uma rede de proteção que reúne 2.795 serviços socioassistências de acolhimento a crianças, jovens e idosos em situação de vulnerabilidade social, em 1.479 equipamentos públicos e privados. Esses serviços atendem famílias em situação de vulnerabilidade social e também já em risco social e/ou com direitos violados, tais como, pessoas em situação de rua e violência, pessoas com deficiência, em situação de discriminação em decorrência de orientação sexual/raça/etnia, jovens em conflito com a lei, migrantes, entre outros.

Leia mais  Câmara de Vereadores homenageia Flavio Amary

Turismo estadual

Transformar o turismo paulista em referência mundial. Esta é a meta divulgada esta semana pelo secretário estadual da área, Vinicius Lummertz, para quem o turismo, meio ambiente e sustentabilidade formam um tripé a ser melhor explorado pelos municípios do interior e do litoral com o objetivo de incrementar as atividades e com isso se beneficiarem de novas receitas. Mas para isso, segundo ele, a gestão das administrações municipais precisa botar a mão na massa com foco. “O turismo do Estado de São Paulo tem o maior potencial planetário”, avalia Lummertz, e o meio ambiente é “o maior parceiro do turismo”. O secretário havia declarado em evento recente que a proposta ambiciosa de levar São Paulo para o mundo passa também por uma mudança de comportamento nas cidades, com visão regional.

Fora do ar

Quem tentou acessar o site da Câmara de Sorocaba no final da tarde e no início da noite desta quarta-feira (13) deu com os burros n’água. Todo o sistema de comunicação do Legislativo local estava fora do ar, incluindo a TV. O motivo, segundo a Câmara, foi a manutenção nos geradores. Todo o prédio da Câmara ficou às escuras durante o período.

Quanto?

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) determinou que a Secretaria de Estado da Saúde informe, em um prazo de 15 dias, detalhes sobre a destinação de recursos financeiros e estatísticas de políticas públicas de prevenção e combate aos vírus causadores da dengue, zika e chikungunya. O despacho questiona quais programas de governo receberam alocações de recursos orçamentários para o controle dessas doenças. Cerca de 250 municípios paulistas estão em situação de alerta ou risco de surto de dengue, zika e chikungunya.

Leia mais  Logomarca da eleição atenta ao poder do voto

Mudança estratégica

Aumentam os rumores sobre o fechamento da empresa Nissin Brake, em Itu. A saída seria estratégica para concentrar as operações em Manaus. A empresa, que fabrica freios para o setor automotivo, tem atualmente 63 empregados de forma direta. Entretanto, a previsão inicial era de que fossem contratadas 300 pessoas. A empresa iniciou as atividades em Itu, em 2008.

Tatuí quer mais

A prefeita de Tatuí, Maria José Vieira de Camargo, no dia 7 de fevereiro foi ao Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior (Deinter 7), em Sorocaba, onde foi recebida pelo delegado regional, Osmar Guimarães Júnior. Maria José reivindicou aumento do efetivo da Polícia Civil em Tatuí. Ela destacou ao delegado que a Delegacia de Polícia local funciona graças à colaboração da Prefeitura, pois 23 servidores municipais são cedidos para a realização do trabalho administrativo da unidade, além de 4 guardas civis municipais.

Comentários

CLASSICRUZEIRO