fbpx
Informação Livre

Éden comemora 70 anos

O nome Éden é em homenagem à esposa do então deputado estadual Antonio Silvio Cunha Bueno
Éden comemora 70 anos
Crédito da foto: Aldo V. Silva / Arquivo JCS (5/8/2015)

Os 70 anos de existência do bairro do Éden, que hoje tem uma população estimada em mais de 60 mil habitantes, foram comemorados em sessão solene da Câmara de Sorocaba na sexta-feira (12), por iniciativa do vereador João Donizeti Silvestre (PSDB). Ele enfatizou que, além de celebrar a data, o objetivo da sessão solene foi impulsionar o trabalho de resgate da história do bairro, que nasceu a partir de um pequeno núcleo rural de Pirajibu do Meio. O nome Éden é uma homenagem a Edey Bittencourt Cunha Bueno, esposa do então deputado estadual Antonio Silvio Cunha Bueno, que conseguiu a doação de terras do Estado de São Paulo para agricultores, durante o governo de Adhemar de Barros. O vereador destacou as famílias tradicionais que ajudaram no desenvolvimento e crescimento da região, observando que será feito um trabalho de resgate da genealogia e história dessas famílias.

Leia mais  CPFL anuncia retirada de fiação desativada dos postes

Polêmica dos remédios

Continua a repercutir a polêmica em torno da possibilidade de medicamentos sem prescrição serem vendidos também em supermercados, o que foi tema de reportagem publicada pelo Cruzeiro do Sul no domingo (14). Nesta segunda-feira (15), a Associação Paulista de Supermercados (Apas) emitiu nota manifestando apoio à Comissão Parlamentar Mista do Congresso Nacional que delibera sobre a venda de remédios em supermercados. Na nota, o presidente da Apas, Ronaldo dos Santos, afirma: “O consumidor passaria a contar com preços reduzidos devido à livre concorrência. Além disso, os supermercados já têm uma responsabilidade muito grande em comercializar alimentos de qualidade a consumidores de todas as regiões, o que nos credencia a oferecer como conveniência analgésicos, anti-inflamatórios, antitérmicos, relaxantes musculares, entre outros remédios que não necessitam de receita médica para serem comprados, garantindo a sua saúde e integridade.”

Leia mais  Farto Neto e Derrite destacam mudanças com Pacote Anticrime

Itu dilata “lei da anistia”

A lei complementar nº 27/2017, conhecida como “lei da anistia”, recebe agora a nova redação de alguns parágrafos, por meio da lei complementar nº 37/2019, aprovada neste mês pela Câmara de Vereadores de Itu. O novo texto, do Poder Executivo, funciona como uma dilatação da lei original, dando mais uma chance para quem precisa regularizar imóveis residenciais, comerciais ou industriais. A intenção da Prefeitura é estimular a regularização na cidade, esperando reflexos no mercado imobiliário e incrementos na arrecadação, que serão revertidos em benefícios para o município. O prazo para o requerimento da regularização onerosa é até o dia 19 de setembro deste ano. Quem já havia aderido à lei 27/2017 e não concluiu o pagamento, pode reparcelar a dívida. O parcelamento pode ser feito em até 10 vezes. A regularização onerosa somente é concedida após análise técnica, entrega de documentação e recolhimento de tributos.

Leia mais  Deputado Derrite recebe Medalha Mérito Tamandaré

Motos para São Roque

Dentro do programa de renovação da frota municipal, a Prefeitura de São Roque, por meio do Departamento de Trânsito, recebeu na manhã desta segunda-feira (15) quatro motos zero km. Os veículos já foram integrados à frota e são da marca Yamaha, do modelo Lander 250 cilindradas. Além delas, mais duas estão em processo de licitação, e deverão chegar até o final deste mês, totalizando seis novas motos para a frota. O diretor do Departamento de Trânsito, Vanderlei Martins Paschoal, disse que “com o aumento do número de veículos poderemos agora desenvolver ações efetivas e teremos mais agilidade para atender as ocorrências em qualquer ponto da cidade”.

Comentários