Informação Livre

Diretoria da Fundec é empossada

Secretário municipal da Cultura, Marcel Stéfano, participou da cerimônia de posse da nova diretoria
Crédito da foto: Divulgação

O presidente do Conselho Superior da Fundação de Desenvolvimento Cultural (Fundec) de Sorocaba, Luiz Antônio Zamuner, deu posse à nova diretoria-executiva da instituição.

Comandada por Antônio Carlos Sampaio, tem como vice-presidente Geraldo Aparecido Ricci, além de Gustavo Almeida e Dias de Souza (tesoureiro), Gustavo Campanati (2º tesoureiro), Sofhia Elise de Lara Harbs (secretária), Rosângela Simaglia Dueñas (2ª secretária), Heitor Edson de Souza (patrimônio) e Roberto Samuel Sanches (técnico).

Participou da solenidade, além dos membros do conselho superior, conselho fiscal, o secretário municipal de Cultura, Marcel Stefano.

Forro da Biblioteca

A Prefeitura de Sorocaba informou nesta quarta-feira (15) à vencedora do processo licitatório destinado ao serviço de reforma e substituição de parte do forro da Biblioteca Municipal sobre intenção de aplicação de multa de 1% pela não substituição imediata dos serviços que estavam em desacordo. Além disso, houve a suspensão por seis meses no acesso a compras e rescisão com multa de 20% do total da carta-contrato. Segundo a Prefeitura de Sorocaba, isso ocorreu por não atendimento às notificações para a empresa, já que a garantia se encontra vigente. E a empresa tem prazo de cinco dias para eventuais manifestações. O assunto foi tema da coluna De Olho, do Cruzeiro do Sul, em 2019.

Quitação

A Prefeitura de Sorocaba promoveu mais um termo de ajuste de contas e quitação. Dessa vez, o objeto tem como destino a Associação Pró Reintegração Social da Criança. Com isso, a Prefeitura de Sorocaba reconhece a dívida e quita o montante de R$ 227.609,96. A instituição administra Centros de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil (CAPS-IJ). Os valores são referentes a serviços prestados aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), referente ao período de 1/9/2019 a 30/9/2019.

Rejeitado

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) rejeitou os embargos de declaração em face do acórdão do Tribunal Pleno, que negou provimento ao recurso ordinário interposto contra o acórdão da Segunda Câmara, que julgou irregulares as contas da Câmara de Votorantim. O exercício em exame é do de 2015, quando o então Eric Romero Martins de Oliveira era o presidente. O acórdão com a negativa foi publicado na terça-feira (14).

Registrando

A Câmara de Votorantim realizou no último dia 10 sessão extraordinária para votação de quatro projetos de lei apresentados pelo Executivo. Eles destinam aproximadamente R$ 6 milhões em verbas para o município. Os projetos tratam de emendas parlamentares que preveem crédito adicional destinados à realização de obras na cidade, incluindo recapes de ruas e avenidas, entre elas a finalização da avenida Luiz do Patrocino Fernandes, a implantação de ciclovia no Promorar e revitalização da estrada do Lajeado.

 

Comentários