Informação Livre

Demissões na Toyota

Prefeito José Crespo (DEM) convocou reunião emergencial de secretariado
Demissões na Toyota
Crédito da foto: Divulgação

O prefeito José Crespo (DEM), convocou para esta sexta-feira (21), às 10h, em seu gabinete, uma reunião emergencial, envolvendo seu secretariado, para discutir medidas que possam auxiliar e minimizar o impacto aos trabalhadores que não tiveram os seus contratos de trabalho temporários renovados em decorrência da estagnação da economia interna e da crise econômica da Argentina.

Leia mais  Toyota encerrará terceiro turno e demitirá 740 em Sorocaba e 100 em Porto Feliz

 

A situação envolve a empresa Toyota, que nesta semana anunciou o encerramento do terceiro turno nas duas plantas, o que resultará na demissão de 740 funcionários da fábrica de automóveis de Sorocaba e mais 100 da fábrica de motores de Porto Feliz, como antecipou com exclusividade o Cruzeiro do Sul. Segundo o Paço Municipal, o prefeito convidou para o encontro dirigentes locais do Ciesp, Associação Comercial de Sorocaba (Acso) e Sindicato dos Metalúrgicos.

Contrato de publicidade

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo determinou prazo de 15 dias para a Prefeitura de Sorocaba apresentar alegações sobre apontamentos de irregularidades no contrato entre a municipalidade e a empresa Dgentil. Os apontamentos foram feitos pela Unidade de Fiscalização de Sorocaba, do TCE, a UR-9. O contrato visa à prestação de serviços publicitários, entre outras coisas. O despacho do TCE é de 14 deste mês. Na mesma, a Corte de Contas também emitiu um alerta para a Prefeitura de Sorocaba sobre o mesmo tema.

Só a LOA

A 38ª sessão ordinária da Câmara de Sorocaba de terça-feira (25) terá apenas um assunto para ser discutido e deliberado. Trata-se do Projeto de Lei número 171 de 2019, do Executivo Municipal, que trata sobre as diretrizes para a elaboração e execução da Lei Orçamentária de 2020 (LOA). O assunto será discutido em segunda discussão.

Sorocaba é citada

Com o objetivo de reduzir acidentes e fatalidades no trânsito do Estado, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) anunciou uma série de ações. O evento foi realizado no Palácio dos Bandeirantes, com a presença do governador João Doria e do vice, Rodrigo Garcia. No encontro foram apresentados os projetos que fazem parte do programa “Respeito à Vida — São Paulo Dirigindo com Responsabilidade”. Uma das medidas é o investimento de R$ 200 milhões de multas aplicadas pelo Detran-SP para ações preventivas como sinalização, engenharia de tráfego e educação para o trânsito. O vice-governador citou Sorocaba como exemplo de ações eficientes para diminuir o número de acidentes no trânsito. “São Paulo conta com ações eficientes para redução de acidentes como a colocação de gradis realizada por Sorocaba; ações pontuais e fundamentais para alcançarmos nossa meta de redução de acidentes”, comentou Rodrigo Garcia.

Convênios e repasses

O governo de São Paulo confirmou repasse de R$ 230 milhões para convênios de infraestrutura urbana na atual gestão. A verba irá atender 567 municípios e foi anunciada na quarta-feira (19), durante o 1º Seminário de Gestão Pública, realizado no Palácio dos Bandeirantes. “Não tenho dúvidas de que sou um governador municipalista, essa é a forma correta de se fazer gestão. É uma deliberação do nosso governo, descentralizar recursos e acreditar na capacidade dos prefeitos e prefeitas”, afirmou o governador João Doria no evento. O dinheiro será escalonado de modo a priorizar apoio do Estado a municípios com até 100 mil habitantes.

Comentários

CLASSICRUZEIRO