Buscar no Cruzeiro

Buscar

Informação Livre

Parceria para captação de água

04 de Setembro de 2021 às 00:01
Cruzeiro do Sul [email protected]r
Dr. Quevedo e promotor Farto Neto (4º e 5º da esq. para dir.) estiveram na estação de tratamento e local de captação de água.
Dr. Quevedo e promotor Farto Neto (4º e 5º da esq. para dir.) estiveram na estação de tratamento e local de captação de água. (Crédito: DIVULGAÇÃO / PREF. DE ARAÇOIABA)

O prefeito de Araçoiaba da Serra, Dr.Quevedo, e o promotor de Justiça, Antonio Domingues Farto Neto, que atua no Grupo de Atuação Regionalizada de Defesa do Meio Ambiente (Gaema), visitaram os equipamentos da Concessionária Águas de Araçoiaba, tanto na captação do rio Piraporão quanto na estação de tratamento. Em seguida, eles também visitaram o trecho do rio onde a Sabesp realiza o descarte de efluentes e a estação de tratamento da companhia, além da pedreira em Salto de Pirapora, onde vem sendo coletada água que abastece também Araçoiaba, com a presença do prefeito de Salto de Pirapora, Matheus Marum de Campos. “Estamos trabalhando em parceria, numa grande união de esforços entres as Prefeituras de Araçoiaba da Serra e Salto de Pirapora, Promotoria, Águas de Araçoiaba e Sabesp para buscar soluções definitivas e efetivas para o abastecimento em nosso município”, lembrou o prefeito de Araçoiaba. Também acompanharam as visitas, o presidente da Câmara de Araçoiaba, Beto Rolim, e o diretor do Departamento de Manutenção, Alcebíades Duarte Junior.

Conteúdo inadequado

O deputado federal Jefferson Campos (PSB) foi escolhido relator do projeto de lei que restringe em todo território nacional o acesso de menores a conteúdos inadequados na internet. O projeto de lei nº 2.390, de 2015, do deputado Franklin (PP) MG, trata da criação do Cadastro Nacional de Acesso à Internet, com informações de usuários da internet no País e dos sites da internet que divulguem informações impróprias para crianças e adolescentes. A proposição determina que todos os terminais que acessem a internet contenham aplicativo que permita o cadastramento dos usuários, contendo a identificação antes de acesso à rede e impossibilitando a retirada de tal funcionalidade. A intenção é criar penalidades de multa em caso de descumprimento das obrigações dispostas. O deputado espera concluir o relatório já na próxima semana e solicitará o tramite em regime de urgência na Câmara dos Deputados. “Não podemos mais conviver com esta situação que a cada dia degrada a família brasileira, vemos todos os dias o trabalho incansável das autoridades policiais em todo País, deflagrando operações contra pedofilia”, destaca.

Sem novos casos

Em novo boletim sobre a situação da pandemia, a Câmara de Sorocaba informa que, nos últimos 15 dias, não teve nenhum servidor afastado por conta da Covid-19. Em 2021 foram 92 casos registrados da doença, sendo cinco vereadores, além de outros 32 casos em 2020. A Câmara segue com protocolos de segurança, com as sessões sendo realizadas de maneira mista, ou seja, podendo os vereadores acompanharem os trabalhos presencialmente ou de forma remota. Na última semana, a Câmara teve duas sessões ordinárias e três audiência públicas, com presença de público no plenário do Legislativo, respeitando as orientações do Plano São Paulo de combate à Covid-19.