Buscar no Cruzeiro

Buscar

pandemia

Uso obrigatório de máscara completa um ano

O uso passou a ser obrigatório em 7 de maio de 2020, embora o item já fosse exigido para o acesso ao transporte público do Estado alguns dias antes

07 de Maio de 2021 às 01:41
Cruzeiro do Sul [email protected]
Em Sorocaba, com base em decreto municipal, a norma passou a valer um dia antes do Estado, em 6 de maio
Em Sorocaba, com base em decreto municipal, a norma passou a valer um dia antes do Estado, em 6 de maio (Crédito: FÁBIO ROGÉRIO (29/3/2021))

O decreto que torna obrigatório o uso de máscaras em todos os locais públicos do Estado de São Paulo completou ontem um ano em Sorocaba. Atualmente, conforme o governo do Estado de São Paulo, a regra é a seguinte, em caso de descumprimento: R$ 551 de multa para o cidadão em situação irregular; R$ 5.278 para o estabelecimento; e R$ 1.380,50 para estabelecimento sem placa, em local visível, com informação sobre a obrigatoriedade da máscara. O uso passou a ser obrigatório em 7 de maio de 2020, embora o item já fosse exigido para o acesso ao transporte público do Estado alguns dias antes. Em Sorocaba, com base em decreto municipal, a norma passou a valer um dia antes do Estado, em 6 de maio.


Licitações

A Prefeitura de Sorocaba instaurou processo licitatório a fim de contratar empresa para o serviço de manutenção do aterro sanitário e industrial. O aterro fica no bairro Retiro São João. A abertura está programada para 24 de maio. Trata-se da modalidade pregão eletrônico. E falando em licitações, a contratação de empresa especializada para prestação de serviço de vigia para a rede municipal de ensino, teve reagendada a data de abertura para dia 19 de maio, às 14h. A justificativa é de que se verificou a ausência da minuta do contrato no edital.


Com o governador

Os parlamentares da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) se reuniram ontem, em ambiente virtual, com o governador João Doria (PSDB) para discutir projetos e ações, e apresentar demandas da população nas diversas regiões do Estado. O secretário-chefe da Casa Civil, Cauê Macris, e o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, também participaram do encontro, que durou quase duas horas. O novo acesso da rodovia Castelo Branco à cidade de Osasco e a reforma do viaduto Único Gallafrio, na divisa entre o município e a capital paulista, foram tema do encontro.


GCM em escolas

Um projeto de lei obrigando a Prefeitura a designar pelo menos um guarda civil municipal para cada instituição pública de ensino da cidade tramita na Câmara de Sorocaba. A proposta, de autoria do vereador Vinícius Aith (PRTB), prevê a presença da GCM durante todo o período de atividades nas creches e escolas de ensino primário e fundamental, segundo ele, para defender a integridade física de alunos e funcionários dos estabelecimentos de ensino, que muitas vezes se veem acuados por pessoas que circulam nas proximidades e até tentam entrar nos próprios públicos. Na justificativa do projeto, ele cita episódio que vitimou três crianças e duas professoras no município de Saudades, em Santa Catarina.


Maio Amarelo

A Câmara Municipal de Votorantim realiza no dia 13 de maio, a partir das 19h, a audiência pública virtual relativa ao Maio Amarelo - Respeito e Responsabilidade: Pratique no Trânsito. Entre os participantes do evento estarão o diretor de trânsito do município, Alfredo Pissinato Junior; o cabo PM Marcelo Rodrigues Paes, representante do Corpo de Bombeiros; o comandante da GCM, Leonardo Freitas da Silva, o capitão Leite, da 1ª Cia do 40º Batalhão; diretor do Detran, João Sebastião Faria dos Santos; e Tatiana Cristina Vicentin, do Samu. O evento ocorre por iniciativa do vereador Cirineu Barbosa (PMN).