Covid-19 Sorocaba e Região

Hospital de campanha em Sorocaba tem 21% de ocupação

Em geral, todos os hospitais públicos da cidade reduziram ocupação das vagas de Covid-19
Contratações na pandemia superam reserva financeira
Hospital de campanha foi montado na Arena Multiúso. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (15/5/2020)

O Hospital de Campanha Douglas Barbosa de Medeiros de Sorocaba registrou, pelo terceiro dia consecutivo, redução na taxa de ocupação de leitos clínicos reservados para pacientes do novo coronavírus. Na quinta-feira (6), o hospital municipal tinha apenas 21,33% das 75 vagas disponíveis em uso e apenas um paciente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde (SES), a Santa Casa de Misericórdia também teve uma redução em relação aos leitos clínicos. A Irmandade reduziu de 100% de ocupação na quarta-feira (4), para 90% na quinta-feira. O hospital tem ainda 95% dos seus 40 leitos de UTI dedicados à Covid-19 ocupados.

Conforme o senso diário, o novo Regional, o Hospital Adib Jatene, tinha taxa de ocupação de leitos clínicos de 87,50% e 90% na UTI adulto. Já o Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS) tinha 25% dos seus oito leitos clínicos em uso e 61,90% das 21 vagas na terapia intensiva com pacientes contaminados pelo Sars-Cov-2.

Portal aponta poucas alterações em gastos da Prefeitura de Sorocaba
Fachada do Hospital de Campanha em Sorocaba. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (25/5/2020)

Vale ressaltar que ambos os hospitais são referência no tratamento da Covid-19 para o Departamento Regional de Saúde (DRS-16) de Sorocaba, responsável pelo atendimento de munícipes de outras 47 cidades do interior paulista.

O atendimento de pacientes no Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (Gpaci) se manteve estável, com apenas 3,84% dos leitos clínicos pactuados para crianças em uso.

Particular

A rede particular de saúde também registrou redução no número de pacientes internados nas unidades de terapia intensiva devido a complicações do coronavírus. Na quarta-feira, dos três hospitais que atendem pacientes Covid-19, apenas um não estava com 100% das vagas de UTI em uso.

Leia mais  CPI da Saúde de Sorocaba aponta seis supostos crimes

 

O senso diário de leitos mostra que o Hospital Unimed teve, de quarta a quinta-feira, uma redução de 26,7% na ocupação da terapia intensiva, chegando a 73,33% de vagas em uso. Contudo, a unidade hospitalar teve um aumento em relação aos leitos clínicos, chegando a sua capacidade máxima.

De acordo com os últimos dados da Saúde, o Hospital Samaritano reduziu de 60% a 50% a ocupação de vagas de UTI e continua com uma criança internada na terapia intensiva. A unidade tinha, até ontem, taxa de ocupação de leitos clínicos em 61,53%. Ainda segundo a SES, o Hospital Evangélico estava com 83,33% de UTI adulto em uso e 50% de vagas clínicas ocupadas. (Wesley Gonsalves)

Comentários