Covid-19 Sorocaba e Região

Hospitais ficaram com 70% das doses Covid enviadas para Sorocaba

Sorocaba recebeu 9.280 doses da Coronavac enviadas pelo governo do Estado na terça
Vacina Coronavac está sendo usada nos hospitais de Sorocaba. Crédito da Foto: Fernando Rezende (20/01/2021)

A rede hospitalar de Sorocaba ficou com mais de 70% das doses da vacina Coronavac entregues pelo Estado na terça-feira (19). Os dados divulgados quinta-feira (21) são da Secretaria de Saúde de Sorocaba (SES). No total, a cidade recebeu 9.280 doses.

Conforme as informações, 6.540, dessas doses, ou 70,47% do total, foram enviadas para os nove hospitais da cidade com atendimento Covid-19. Na rede pública estadual receberam doses os hospitais Adib Jatene – Novo Regional – e Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS). Da rede pública municipal recebeu doses a Unidade Pré-Hospitalar da zona leste, que tem 10 leitos de UTI e são administrados pela Santa Casa.

A Santa Casa, principal referência para Covid na rede pública municipal, com 40 leitos, somente de UTI, recebeu 1.000 doses. Conveniados ao município, também receberam doses os hospitais Santa Lucinda e Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (Gpaci).

Leia mais  Valdir Landulpho morre aos 84 anos

Na rede privada, as doses foram distribuídas para os hospital Evangélico, Samaritano e Unimed. Com isso, das 9.280 doses, o restante, 29,53% ou 2.740 doses, foram distribuídas para as Unidades Básicas de Saúde de Sorocaba (UBSs), por exemplo.

A Prefeitura de Sorocaba não informou quantas doses foram solicitadas por esses hospitais e qual o porcentual foi atendido. O Executivo também não informou se fiscaliza ou pode fiscalizar a aplicação dessas doses, para coibir, por exemplo, fura-fila. “Essa quantidade foi proporcional ao total de 9.280 doses que o Estado mandou para Sorocaba. As vacinas foram enviadas para os trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente de combate à Covid-19”, afirmou por meio de nota da Secretaria de Saúde (SES).

Das 2.740 doses, 1.566 — ou 57% — foram usadas para imunizar trabalhadores da rede municipal de saúde já no primeiro dia da campanha, em 20 de janeiro. Não foi informado quantas doses ainda restam para serem aplicadas. (Marcel Scinocca)

Comentários
Assuntos