Sorocaba e Região

Homem ficou preso a cortador de cana em S.M. Arcanjo por mais de cinco horas

Complexidade do desmonte de trator dificultou a operação de resgate
Rapaz foi trazido de São Miguel Arcanjo a Sorocaba pelo helicóptero Águia. Crédito da Foto: Divulgação

O rapaz de 26 anos que teve o pé e parte da perna direita triturados por uma máquina de cortar cana ficou preso ao equipamento por mais de cinco horas até que os socorristas pudessem desprendê-lo do equipamento.

O acidente ocorreu na manhã desta segunda-feira (16), em uma propriedade rural no bairro Rincão, em São Miguel Arcanjo, na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS).

Leia mais  Homem perde perna em máquina de cortar cana em São Miguel Arcanjo

 

Os Bombeiros e a equipe do Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências (Grau) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegaram rapidamente ao local do acidente, mas se depararam com a grande complexidade do desmonte da máquina.

Após quase cinco horas e meia, devido a gravidade do fato, os socorristas decidiram por sedar o rapaz e fazer a amputação da sua perna pouco acima do joelho direito para então desprendê-lo do trator.

Estável

Como São Miguel Arcanjo não possui hospital especializado de trauma complexo, o acidentado foi transferido até o Hospital Regional de Sorocaba (HRS) com o helicóptero Águia da Polícia Militar.

Ao chegar na base do Águia, o paciente foi atendido pelo Samu de Sorocaba com uma UTI Móvel de Urgência. Os médicos do HRS deram prosseguimento aos procedimentos cirúrgicos da amputação e o rapaz se encontra em situação estável. (Da Redação)

Comentários

CLASSICRUZEIRO