Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Homem é preso por torturar enteado com deficiência em Itu

12 de Maio de 2020

Fotos do jovem amarrado, com ferimentos, foram divulgadas. Crédito da foto: Divulgação/ Polícia Civil (11/05/20)

Um homem de 31 anos foi preso por tortura após amarrar e agredir com um pedaço de madeira o enteado com deficiência, de 25 anos, na zona rural de Itu (Região Metropolitana de Sorocaba). A ocorrência do caso foi elaborada na tarde desta segunda-feira (11).

Segundo o boletim do fato, policiais receberam a denúncia de que um jovem com deficiência teria sido amarrado e espancado com um pedaço de madeira na noite do domingo (10). Na denúncia também constavam fotos da vítima com ferimentos.

Os policiais investigaram o caso e chegaram até o endereço do crime, um sítio em uma área rural de Itu. O autor foi encontrado e confessou ter amarrado e agredido o jovem alegando que ele lhe dava "muito trabalho".

A mãe da vítima afirmou ter presenciado as agressões e disse aos policiais que seu filho possui uma deficiência e havia tido um surto.

O casal foi levado para a delegacia (a mulher como testemunha das agressões), onde o boletim de ocorrência foi elaborado. Foi requisitado um exame no Instituto Médico Legal, que confirmou as agressões, e expedido um mandado de prisão para o homem, que permaneceu à disposição da Justiça na Cadeia Pública de São Roque.