Sorocaba e Região

Homem é multado em R$ 1,4 mil por pesca ilegal na represa de Itupararanga

Ele usava itens proibidos e realizava a prática no período de piracema
O homem usava uma tarrafa e uma rede para praticar a pesca ilegal. Crédito da foto: Divulgação/ PM

Um homem foi multado em R$ 1.400 após ser flagrado praticando pesca ilegal na represa de Itupararanga, no bairro Campo Verde, em Ibiúna. Ele usava itens proibidos e pescava no período de piracema, quando há restrições para a prática. O flagrante ocorreu nesta quinta-feira (5), durante fiscalização da Polícia Militar Ambiental na região.

Conforme a PM, no decorrer de patrulha, a equipe viu o momento em que o acusado, posicionado às margens da represa, lançou uma tarrafa na água. Os PMs, então, decidiram averiguar. Ao notar a presença dos agentes, o homem fugiu para uma mata próxima do local. Contudo, após buscas, acabou detido.

Na fuga, ele tentou esconder os objetos utilizados na pescaria. Porém, os policiais conseguiram encontrar uma tarrafa e uma rede.

O acusado foi atuado por pescar com item não permitido e multado. Os acessórios foram apreendidos.

Fiscalização

Policiais ambientais intensificaram a fiscalização na região de Sorocaba durante o período de piracema. Durante a manhã desta quinta-feira (5), a ação com orientação para moradores foi realizada em Itupararanga. De acordo com a PM, a fiscalização deve ser mantida na sexta-feira (6) em todo o Estado de São Paulo. Ao todo, 603 policiais militares ambientais, em 294 viaturas, terrestres e náuticas, dos batalhões de Polícia Ambiental de São Paulo, participam da ação.

Leia mais  Procurado da Justiça é encontrado em Parque Esmeralda

A piracema no estado de São Paulo é disciplinada por duas normas que restringem a pesca nos rios, lagos, lagoas e represas. Seu principal objetivo é garantir a reprodução dos peixes nativos, já que esse é o período em que eles se deslocam até suas nascentes para desovar. A piracema começou em novembro e vai até 28 de fevereiro. (Da Redação) 

Comentários