fbpx
Sorocaba e Região

Homem baleado no braço durante prisão foge de hospital em Itapetininga

A Polícia Militar, que fazia a escolta do preso, está investigando as circunstâncias da fuga
O preso fugiu pulando uma janela na parte lateral do hospital. Crédito da foto: Reprodução / Google Street View

O homem de 35 anos que foi baleado no braço durante a prisão, em Itapetininga, fugiu do Hospital Regional Doutor Léo Orsi Bernardes, onde estava internado. A fuga ocorreu na madrugada desta quarta-feira (09).

Conforme a Polícia Civil, até a manhã desta quinta-feira (10) o acusado ainda não havia sido localizado. A Polícia Militar, que fazia a escolta do preso no hospital, está investigando as circunstâncias da fuga.

Por meio de nota, o hospital informou que no momento da fuga o paciente estava internado na clínica cirúrgica. Ele recebia tratamento pela fratura exposta que sofreu no braço  após o ferimento por arma de fogo.

Leia mais  Acusado de espancar vigilante durante roubo em Salto de Pirapora é preso

 

Tentativa de fuga

O homem foi preso na terça-feira (08) pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Itapetininga. Os policiais cumpriam mandados de busca e encontraram drogas e armas na casa do acusado.

Segundo a Polícia Civil, durante o flagrante, o homem tentou fugir e foi baleado no braço. Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital Regional de Itapetininga.

Drogas, armas, munições e outros equipamentos foram apreendidos na casa do acusado . Crédito da foto: Divulgação

Tráfico e posse ilegal de arma

Em sua casa foram encontrados uma espingarda de dois canos calibre 32, sete munições, um simulacro de pistola, 83 cápsulas com cocaína, 101 porções de maconha, um tijolo de maconha, duas balanças digitais e um pote com pó branco.

Também havia no local um par de algemas, embalagens, uma lâmina, um telefone celular, uma faca, uma marreta, um pedaço de madeira para picar o entorpecente e um rolo de papel alumínio.

O homem foi autuado por tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e resistência.

Solto há menos de um ano

Ainda conforme a Dise, o acusado já havia sido preso antes e estava em liberdade há menos de um ano. Ele cumpriu 16 anos de prisão por roubo e homicídio e deixou a prisão em dezembro do ano passado.

Comentários

CLASSICRUZEIRO