Sorocaba e Região

GCM registra 13 denúncias de aglomerações na sexta-feira

Também foi realizada operação integrada com a Polícia Militar, para coibir os chamados pancadões
Patrulhamento preventivo aconteceu em 30 pontos da cidade. Crédito da foto: Divulgação/PM

A Guarda Civil Municipal (GCM) atendeu a 13 ocorrências de aglomerações de pessoas em áreas públicas, em diferentes pontos da cidade, durante o feriado de Sexta-feira Santa (2) em Sorocaba. Os pontos foram vistoriados após denúncias recebidas por meio do telefone 153, como forma de prevenir a disseminação da Covid-19. Ainda houve operação integrada com a Polícia Militar (PM), para coibir os chamados pancadões.

As averiguações contra aglomerações ocorreram em praças e parques públicos. Na Praça Shaar Haneguev, no Jardim Paulistano, havia cerca de 80 pessoas, por volta da 0h deste sábado. Alguns deixaram o local, com a chegada da viatura, e os demais que permaneceram foram orientados e dispersados.

No Parque da Vila Formosa tinha um grupo de dez pessoas, que também foi orientado a deixar o local, às 0h10, assim como em uma praça na Vila Jardini. Guardas municipais estiveram, ainda, no mirante do Jardim Botânico, em uma praça no Éden e em via no bairro Altos do Ipanema, atendendo a outras denúncias de averiguação.

Leia mais  Vítima soterrada em desmoronamento é resgatada em Sorocaba

Durante o plantão noturno, a GCM realizou patrulhamento preventivo em 30 pontos da cidade, sobretudo em próprios municipais, como postos de saúde e escolas, dentre outros.

Operação integrada

A operação integrada entre a GCM e a PM teve sequência, com equipes de prontidão na Vila Helena e Jardim Paineiras, em pontos estratégicos onde se tinha informações sobre possíveis aglomerações de jovens. Nesses locais, a GCM fez duas autuações de veículos.

Além do fone 153, o cidadão também pode utilizar o 190, da PM, para colaborar, enviando informações que auxiliem no trabalho das autoridades, tornando as ações mais ágeis e efetivas, inclusive, sobre movimentações suspeitas ou aglomerações. (Secom Sorocaba)

Comentários