Sorocaba e Região

GCM e PMs autuam 187 veículos em operação contra pancadões

A ação foi realizada nesta sexta-feira (5) e resultou em quatro estabelecimentos comerciais fechados devido a irregularidades
As operações integradas têm como objetivo evitar aglomerações e “pancadões” em diversos pontos da cidade. Crédito da foto: Divulgação/Secom Sorocaba

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Sorocaba e a Polícia Militar (PM) autuaram 187 veículos e apreenderam outros 16, em mais uma operação integrada de segurança pública, nesta sexta-feira (5).

A ação tem como objetivo prevenir a realização de “pancadões” na cidade, a fim de evitar aglomerações e a disseminação da Covid-19. Agentes da Vigilância Sanitária e do setor de Fiscalização de Posturas de Bares, da Prefeitura, também participaram e fecharam quatro estabelecimentos comerciais que operavam de forma irregular.

A operação contou com a atuação de 22 GCMs, em nove viaturas, e 24 PMs, em 14 veículos, e ocorreu em seis bairros: Vila Helena, Vila Senger, Conjunto Ana Paula Eleutério (Habiteto), Paineiras, Brigadeiro Tobias e Parque Vitória Régia.

“A operação ocorreu em pontos estratégicos. São espaços públicos com histórico de reuniões de jovens para a promoção de eventos clandestinos”, explicou o secretário municipal de Segurança Urbana, Coronel Vitor Gusmão.

A fiscalização em bares ocorreu especificamente na Vila Senger, sendo que cinco estabelecimentos foram vistoriados. Um deles estava fechado, já os proprietários de outros quatro foram notificados e tiveram que fechar as portas de seus comércios, devido ao desrespeito à legislação municipal sanitária ou fiscal.

Leia mais  Operação integrada contra pancadões autua 143 veículos

Mais averiguações Covid-19

Além da operação integrada, durante a madrugada deste sábado (6), a GCM ainda atendeu a uma série de chamadas de averiguações, em seis bairros, sobretudo de denúncias de aglomerações, em descumprimento ao Plano São Paulo.

Cinco bares foram fechados, pois havia grupos de pessoas sem manter o devido distanciamento social. Dois deles estão localizados na Vila Progresso, em um deles havia 60 pessoas e, em outro, 100 pessoas se aglomeravam em uma praça em frente ao estabelecimento.

Os outros três casos de bares orientados a fechar foram na Vila Helena, no Éden e no Jardim Piratininga. Também a partir de denúncia, em outros três pontos fiscalizados – um na Vila Fiori, um no bairro Júlio de Mesquita Filhos e outro no Éden –, não houve constatação de irregularidades.

“As ações conjuntas entre as forças policiais, bem como as averiguações pontuais por parte da GCM, vão continuar. O apoio da população, em fazer as denúncias, tem sido fundamental para que possamos agir o mais rapidamente possível”, aponta o secretário Vitor Gusmão. As informações ou denúncias à GCM podem ser passadas pelo fone 153. Já, o contato com a PM é pelo fone 190. (Secom Sorocaba)

Comentários