Sorocaba e Região

Fortalecimento muscular auxilia no desempenho de corredores

Um bom calçado auxilia na absorção do impacto e na qualidade da corrida
Fortalecimento muscular auxilia no desempenho de corredores
A corrida é um exercício de médio a alto índice de impacto e pode prevenir a osteoporose. Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (24/6/2018)

A corrida proporciona diversos benefícios para a saúde e uma maneira de melhorar o desempenho dos corredores é conciliar o exercício aeróbico com a musculação, em busca do fortalecimento muscular e das articulações. Trabalhar a musculatura dos membros inferiores de forma localizada traz um fortalecimento extra e ajuda o atleta a correr sem riscos.

O educador físico e fisioterapeuta Jean Luis Gimenes Peres é professor da Universidade Paulista (Unip) em Sorocaba e recomenda um plano de exercícios para as pessoas interessadas na corrida. Esse plano, explica, deve incluir um fortalecimento muscular dos membros inferiores e das articulações do quadril, dos joelhos e dos tornozelos, que são as mais afetadas durante a corrida.

Avaliação médica

Jean diz que, para qualquer pessoa interessada em começar a correr, o ideal é fazer uma boa avaliação médica antes, o que inclui exames cardiorrespiratórios e ortopédicos. Ele orienta, ainda, a procura por um profissional de educação física, que vai montar um plano de exercícios de acordo com as particularidades de cada pessoa. “O especialista vai indicar a frequência adequada ou se essa pessoa deve iniciar com uma caminhada”, cita.

Leia mais  Paulinho Soares carregará as cores do São Bento nos ringues
Fortalecimento muscular auxilia no desempenho de corredores
Antes de começar a correr, o ideal é fazer avaliação médica, recomenda Jean. Crédito da foto: Emidio Marques

Por ser um exercício de médio a alto índice de impacto, detalha Jean, a corrida é recomendada para prevenir a osteoporose, pois provoca uma melhor captação do cálcio nos ossos, deixando-os mais fortes e menos propensos à fraturas. O professor diz ainda que a corrida em esteira minimiza o impacto, por conta dos sistemas de amortecimento. “Para quem prefere correr na rua o ideal é iniciar em terrenos com grama”, acrescenta.

Atenção ao calçado

O educador físico afirma que a escolha de um bom calçado auxilia na absorção do impacto e na qualidade da corrida. O tênis utilizado deve ser específico para corrida, em especial com um bom amortecimento na parte da trás. O drop do calçado, que é a diferença da espessura entre a sola da região do calcanhar e a sola da região do antepé, deve variar de três a quatro centímetros.

Leia mais  Estado confirma variante britânica do novo coronavírus em Sorocaba

Jean orienta ainda que o corredor opte por um tênis de corrida minimalista, com uma palmilha neutra, e em caso de necessidade solicite uma palmilha personalizada para um profissional especializado. “A palmilha específica pode corrigir problemas na pisada, por exemplo”, finaliza. (Da Redação)

Comentários