Sorocaba e Região

Secretario de Habitação Flavio Amary fala das prioridades do governo

O sorocabano diz que iniciou os trabalhos com muita motivação, tendo o governador Doria como inspiração
Flavio Amary na Cruzeiro FM. Foto: Alessandra Sanros / Cruzeiro FM

O secretário estadual da Habitação, sorocabano Flavio Amary, entrevistado pela rádio Cruzeiro FM 92.3 no último dia 3, falou das suas prioridades a frente da pasta, durante a gestão do governador João Doria (PSDB). Ele destacou as reuniões que já que teve com todo o secretariado de Doria e da agenda constante, toda semana, com o governador nestes primeiros dias do novo governo tucano.

O secretário destacou ainda a importância dos encontros entre todos os secretários e o governador para que todos saibam o que os colegas estão fazendo e quais são as propostas de cada pasta. “Muitas vezes existe a necessidade de uma ação conjunta entre mais de uma secretaria. Então, a gente pode colocar ali as nossas propostas e ouvir as propostas dos outros secretários”, diz. Flavio Amary aponta ainda como foco do seu trabalho na pasta da Habitação o processo de desburocratização e de simplificação de aprovação de licenciamento de projetos habitacionais. “A ideia é acelerar os processos de licenciamento e de aprovação de projetos habitacionais para tornar menos burocrático para quem quer investir no Estado”, aponta o secretário.

Ele disse que iniciou os trabalhos com bastante motivação, tendo o governador Doria como inspiração, e que como primeiras medidas conheceu os projetos e programas que já estavam em andamento na pasta, além de ter chamado todos os funcionários e colaboradores da secretaria, para que juntos possam trabalhar em prol da habitação no Estado. “É preciso que haja um esforço, de forma única, e de todos os funcionários e de todos os colaboradores da secretaria, para que a gente possa atingir o objetivo principal que é atender a população carente e a que mais precisa da atuação do Estado. Essa vai ser a nossa vertente na secretaria”, diz.

Sobre a transição da pasta, Flavio disse que os primeiros decretos assinados pelo governador logo após a posse são exatamente para que os novos secretários tenham tempo para avaliar, analisar e conhecer os contratos assinados pela gestão anterior, assim como os projetos e programas de cada pasta. “Eu tive contato com o secretário anterior e existem documentos que são assinados e que deixam compromissos para a frente. Então um dos decretos assinados pelo governador faz com que a gente tenha 30 dias para reavaliar esses convênios e contratos assinados, sendo que vários foram assinados nestes últimos dias”, pondera.

O secretário falou ainda da cobrança do governador por resultados de cada pasta. “Nós vamos buscar atender as expectativas respondendo com trabalho, dedicação e foco, e com um bom comando em cima da área da Habitação.” Ele apontou ainda seus 30 anos de experiência no setor, sendo os últimos anos na presidência do Secovi-SP, considerado o maior sindicato da habitação da América Latina. “É um tema que eu conheço bastante, que eu vivo isso faz 30 anos. Então, uma área para mim que é conhecida. Tenho um pouco ainda de falta de experiência na área pública, mas eu aprendo isso rápido na medida que eu sempre convivi também nesse meio”, destacou. Segundo disse, os contatos e relacionamentos com as cidades do interior enquanto presidente do Secovi também são importantes para a gestão na Habitação. “Agora inicio um novo ciclo e eu planejo visitar as cidades em todo o Estado até porque tenho uma agenda com 22 inaugurações de obras nas próximas semanas”, disse.

Comentários