Sorocaba e Região

Família de Laurito Gabriel pede instalação de busto em praça

Atualmente a praça e parte da avenida passam por obras de retificação do córrego Supiriri
Família de Laurito Gabriel pede instalação de busto em praça que o homenageia
Praça está inserida nas obras em execução na avenida Afonso Vergueiro. Crédito da foto: Emidio Marques (31/10/2019)

Familiares de Laurito Gabriel, falecido em 1993, e que dá nome à praça situada na avenida Afonso Vergueiro, no acesso para a avenida Eugênio Salerno, gostariam de instalar no local, futuramente, um busto do homenageado. Atualmente a praça e parte da avenida passam por obras de retificação do córrego Supiriri e antes disso um busto de Afonso Vergueiro estava lá.

A sugestão do empresário João Antônio Gabriel, 70, filho de Laurito, é para que o busto de Afonso Vergueiro seja realocado em algum outro trecho da avenida. “Muitas pessoas olhavam aquele busto e achavam que era o meu pai, já que ele é o homenageado na praça. Se a Prefeitura aceitasse fazer essa mudança, nós providenciaríamos um busto do seu Laurito”, conta Gabriel.

Ele relembra que o pai foi o segundo morador do bairro Santa Terezinha e era muito querido por toda a vizinhança. A praça foi inaugurada pouco mais de um ano após a morte do cidadão ilustre. Gabriel conta que já fez esse pedido à Prefeitura e também a alguns vereadores e quase conseguir realizar a mudança. “Depois falaram que não podiam mexer. Agora, que já está em reforma mesmo, seria um bom momento”, avalia o empresário.

Leia mais  Alerta de temporal continua e vento pode chegar a 70 km/h

A Prefeitura de Sorocaba foi questionada sobre o pedido dos familiares de Laurito Gabriel, mas não houve resposta até o fechamento desta edição.

Obras

De acordo com o Saae, as obras na avenida Afonso Vergueiro estão em pleno andamento e dentro do cronograma estabelecido. “Salvo imprevistos, o prazo deverá ser cumprido”, informou. A obra foi iniciada no fim de julho e tem prazo de conclusão em seis meses, o que corresponde ao fim de janeiro de 2020.

O Saae acrescenta que os trabalhos estão sendo executados pela empresa Melhor Forma Construtora Ltda., vencedora do processo licitatório com custo de aproximadamente R$ 4 milhões, sendo 80% recursos provenientes do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), órgão ligado à Secretaria Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos do Governo do Estado, e os outros 20% são contrapartida da autarquia. (Da Redação)

Comentários