Sorocaba e Região

Mais de 6 mil eleitores tiveram problemas com a biometria em Sorocaba

Os eleitores que votaram nessas condições não precisarão voltar à Justiça Eleitoral
Falhas da biometria repetem
Providências para sanar problemas são tomadas, diz cartório. Crédito da foto: Erick Pinheiro

Repetiu o número do primeiro turno dos eleitores que deixaram de registrar a biometria nas eleições de domingo em Sorocaba, informou nesta terça-feira (30) a chefe de cartório da 137º Zona Eleitoral, Laurinda Ana de Negreiros. Foram agora 6.420 eleitores e isso ocorreu por problemas técnicos, que serão resolvidos. Segundo ela, os eleitores que votaram nessas condições não precisarão voltar à Justiça Eleitoral para cadastrar nova biometria.

Em várias seções de votação, a falha ocorreu em dois casos: falta de reconhecimento dos dados digitais e pessoas que chegavam à seção eleitoral e o reconhecimento digital nem era tentado. Nesse segundo caso, explicou Laurinda, houve “inconsistência” no sistema de inserção de dados na urna, extraído do cadastro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ela assegurou que, apesar do “erro de inconsistência”, os dados biométricos dos eleitores não foram prejudicados. “Já foram tomadas providências para sanar as causas do problema”, disse.

A partir de 5 de novembro os eleitores poderão fazer a regularização dos títulos de eleitor para primeira e segunda vias, transferência, revisão e para quem teve o título cancelado por ter deixado de fazer a biometria nos prazos estipulados no primeiro semestre deste ano.

Também está aberto o prazo de 60 dias para justificação do eleitor que deixou de votar nos dois turnos por razões que possam ser comprovadas. Quem não votou no primeiro turno tem prazo até 6 de dezembro para se justificar, e para quem não votou no segundo turno, o prazo vai até 27 de dezembro.

Nos casos em que o eleitor não votou e não tiver como comprovar motivos, deverá pagar multa de R$ 3,51 por turno de votação para buscar a regularização com a Justiça Eleitoral. No comparecimento aos cartórios eleitorais, o eleitor deve levar documento oficial com foto e comprovante de residência.

Comentários

CLASSICRUZEIRO