fbpx
Sorocaba e Região

Entidade procura professores voluntários para cursos gratuitos em Sorocaba

O trabalho que é realizado desde 1988, por meio de um convênio com o Senai
Entidade procura professores voluntários para cursos gratuitos
Professor José Alberto entre os alunos. Professor deve ter formação na aula do curso que vai ministrar. Crédito da foto: Emidio Marques (7/8/2019)

Uma entidade que oferece cursos profissionalizantes gratuitos para jovens carentes de Sorocaba precisa, com urgência, de professores voluntários. Chamada de Departamento de Ensino Técnico e Profissionalizante Pestalozzi (Detec), o local já formou 3.120 alunos.

A lista de cursos contempla mecânica geral, metrologia, desenho mecânico, eletricidade residencial e informática. O trabalho, realizado desde 1988, por meio de um convênio com o Senai, atualmente está só com três professores voluntários.

Um deles é José Alberto Bacci, que trabalhou cerca de 30 anos no Senai e dá aulas no curso de mecânica geral. “Precisamos de professores voluntários que possam dar aulas em nossos cursos. A entidade é mantida com a ajuda de doações, como a da empresa Heller, que recentemente reformou o prédio da Detec.

A sede da entidade está localizada na rua Floriano Peixoto, 239, na Vila Carvalho. Conta com salas de aulas e laboratórios, como o de informática, e a sala de máquinas, onde os alunos assistem aulas práticas.

Os cursos têm turmas 12 alunos cada e as aulas são ministradas nos períodos da tarde (13h30 às 17h30) e noite (19h às 22h). Entre os cursos oferecidos, alguns têm 42 horas de duração e outros 200 horas.

Leia mais  Casa das Mães e das Crianças de Sorocaba promove bazar beneficente

 

Bacci conta que a manutenção do prédio também é custeada pela Heller. A empresa, com sede em Sorocaba, e matriz na Alemanha, também ajuda por meio de doações de funcionários estrangeiros.

Parte das máquinas onde os alunos têm as aulas práticas também são doações da Heller. “Inclusive, quando a empresa precisa contratar funcionários nós indicamos alunos que se formam no Detec”, diz.

Quem quiser dar aulas de forma voluntária nos cursos oferecidos pelo Detec pode entrar em contato pelos telefones: (15) 99146-4712 ou 3233-7260. Falar com José Alberto Bacci. É preciso ter formação nas áreas dos cursos oferecidos.

Em busca de um emprego

Entidade procura professores voluntários para cursos gratuitos
Emily Vitória Gomes. Crédito da foto: Emidio Marques (7/8/2019)

Emily Vitória Gomes, 18 anos, terminou o ensino médio e ainda não consegue pagar a faculdade que sonha em cursar. Ele pretende fazer graduação em engenharia mecânica. Ela conta que ficou sabendo do curso gratuito por indicação do padrasto e se matriculou.

“Quero trabalhar na área de mecânica e acredito que o curso vai me ajudar a entrar no mercado de trabalho”, diz. Ela mora no bairro Maria Eugênia e conta que não teria como custear um curso pago.

Entidade procura professores voluntários para cursos gratuitos
Lucas Benedito Moreira. Crédito da foto: Emidio Marques (7/8/2019)

Já o estudante Lucas Benedito Moreira, 16 anos, cursa o 3º ano do ensino médio pela manhã e à tarde frequenta as aulas do curso de mecânica geral. Ele disse que ficou sabendo da entidade pelo irmão e que está fazendo um curso para entrar no mercado de trabalho. “O curso vai me ajudar a conseguir um emprego em uma empresa”, diz. Ele mora na Vila Progresso. (Ana Cláudia Martins)

Comentários

CLASSICRUZEIRO