Sorocaba e Região

Empresas de transporte público pagam ‘vale’ e sindicato desiste de protesto

Havia a possibilidade de paralisação da circulação dos ônibus em Sorocaba
transporte público sorocaba
Ônibus acessa terminal em Sorocaba. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (28/4/20)

O Sindicato do Rodoviários de Sorocaba e Região suspendeu o protesto programado para esta quinta-feira (23) no município. A decisão foi tomada após as empresas que operam o transporte urbano da cidade, Consor e STU, terem efetuado o pagamento do adiantamento salarial atrasado.

Esse pagamento foi efetuado no início da tarde desta quinta-feira (23). No dia anterior, a entidade sindical divulgou nota na qual afirmava que, caso o depósito do “vale” não fosse realizado até às 16h, um protesto, com a possível paralisação da circulação dos ônibus, poderia ser deflagrado.

O pagamento do “vale”, que era para ter sido realizado no dia 21 deste mês conforme o acordo coletivo de trabalho da categoria, foi efetuado na tarde de quinta-feira. A confirmação é do próprio sindicato.

Pendência

Por meio de nota, a entidade sindical diz que permanece pendente um problema relacionado ao pagamento da diferença salarial dos meses da pandemia, resultante da adesão das empresas à Medida Provisória 936, que dispõe sobre redução proporcional de e salário. O sindicato ameaça deflagrar nova paralisação por tempo indeterminado se o pagamento dessa diferença não ocorrer o quinto dia útil de agosto.

Uma audiência de conciliação foi realizada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região, por videoconferência, na última terça-feira (21). A reunião teve a participação do sindicato, das empresas concessionárias, da Prefeitura de Sorocaba e da Urbes – Trânsito e Transportes. Um novo encontro virtual entre as partes ficou agendada para 27 de julho, às 15h, na Urbes. (Felipe Shikama)

Comentários