Sorocaba e Região

Empenho de R$ 1,6 milhão é suprimido no Portal de Transparência

O Portal tinha duas notas parecidas, elevando o total de empenhos para R$ 31,6 milhões na sexta-feira (3)
Empenho de R$ 1,6 mi é suprimido
Crédito da foto: Luiz Setti / Arquivo JCS (7/1/2020)

A Prefeitura de Sorocaba alterou informações dos gastos empenhados para o enfrentamento da pandemia de coronavírus suprimindo um empenho de R$ 1,6 milhão do Portal da Transparência, como verificado em um comparativo das informações disponíveis entre sexta-feira (3) e esta segunda-feira (6).

O Portal tinha duas notas parecidas, elevando o total de empenhos para R$ 31,6 milhões na sexta (3). O valor caiu para R$ 30.042.462,90 com a retirada de um dos empenhos. O Executivo não comentou porque manteve duas notas no Portal da Transparência até sexta-feira (3) e nem porque a retirou do site. A empresa citada na operação é a mesma.

Com isso, o déficit entre o que está comprometido para compras e o valor reservado para o enfrentamento caiu de R$ 3.026.309,00 para R$ 1.420.325,93. Em caixa, há R$ 28.622.136,97 disponíveis para a pandemia (exceto valores do caixa próprio, que não constam no Portal), mesmo valor da sexta (3).

Leia mais  Homem é detido com 'tijolo de maconha' enterrado no quintal em Tatuí

Em outras ocasiões, ao comentar os valores lançados no Portal, o Executivo respondeu que “os valores identificados na receita referem-se aos recursos recebidos pelos governos estadual e federal que possuem destinação específica para o combate ao coronavírus. (…) Já os valores identificados nas despesas referem-se a todos os gastos realizados em combate ao coronavírus, que englobam recursos não só dos valores recebidos para esta finalidade, mas também de outras receitas disponíveis no orçamento que estão sendo aplicadas para o enfrentamento da pandemia”. A divulgação, conforme o governo municipal, “segue orientações do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.”

Outros números

Conforme o Portal da Transparência, a cidade já liquidou R$ 13.649.587,02. O valor efetivamente pago está em R$ 13.144.322,79, mesmos dados de sexta (3). Todas as compras são de 173 fornecedores, em 250 empenhos. A consulta feita pela reportagem do jornal Cruzeiro do Sul ocorreu nesta segunda-feira (6), em duas ocasiões, sendo a última às 20h13. (Marcel Scinocca)

Comentários