Sorocaba e Região

Em protesto, grupo faz ‘casamento’ dentro de ônibus em Sorocaba

Vídeo produzido por trabalhadores do setor de eventos em Sorocaba viralizou na internet
‘Casamento’ dentro de ônibus em Sorocaba repercutiu na internet. Crédito da Foto: Paulo Cravitto

Um casamento com direito a vestido de noiva, maquiagem e buquê. A cena, antes vista em igrejas e salões de festa, foi protagonizada dentro de um ônibus em Sorocaba como um inusitado protesto de trabalhadores do setor de eventos na cidade. Na internet, o vídeo que mostra a cerimônia protagonizada por um casal de namorados viralizou nas redes sociais.

As gravações foram realizadas na tarde de quinta-feira (11) na linha 12 – Guadalajara e chamaram a atenção dos usuários. Ao som da marcha nupcial, a noiva anda pelo corredor até chegar no fundo do ônibus, onde está o noivo vestindo terno. “Estamos aqui reunidos depois de um ano de adiamento, naquele que, segundo as autoridades, é um dos lugares mais seguros para se celebrar uma casamento: o transporte público”, afirma o cerimonialista do casamento, posicionado entre o casal.

Após serem declarados “marido” e “mulher”, eles brincam com a situação de não poder beijar a noiva devido as medidas de proteção contra o coronavírus e, na sequência, o cerimonialista explica o motivo do protesto. “Estamos aqui para dar voz a centenas de milhares de trabalhadores que não podem sair de casa porque estão proibidas de trabalhar, como profissionais de eventos, músicos, DJs, garçons e tantos outros que estão adiando seus sonhos pela situação que estamos vivendo”.

Leia mais  Polícia Civil ainda não tem informações sobre cofre encontrado em Sorocaba

A cerimônia, que não é real, foi organizada por um grupo de trabalhadores do setor de eventos de Sorocaba, área diretamente afetada pelas restrições impostas pela pandemia de Covid-19. “Estamos parados há um ano e precisávamos ser vistos, não podemos ser esquecidos por mais um ano”, diz Caroline Morales, que trabalha com decoração de eventos e protagonizou o “casamento no ônibus” ao lado do namorado Vitor Júnior.

Para a gravação, eles optaram pelo horário da tarde, considerado de menor fluxo de passageiros. “Nós pensamos nos únicos lugares que seriam considerados ‘seguros’ hoje, levando em conta as restrições, e seria um ônibus ou um supermercado”, explica Thais Kampai, que trabalha com casamentos e é uma das organizadoras do protesto.

‘Casamento’ dentro de ônibus em Sorocaba repercutiu na internet. Crédito da Foto: Paulo Cravitto

“Sabemos que este não é o momento para fazermos festas e nem estamos pedindo isso, mas precisamos de algum tipo de incentivo. Estamos vivendo uma das piores crises sanitárias de todos os tempos, hospitais lotados, pessoas morrendo por conta do vírus. Mas precisamos que olhem para todos os brasileiros que necessitam sair todos os dias para trabalhar. Queremos que as autoridades olhem para o nosso setor que está parado há mais de um ano, principalmente as pequenas empresas, pois não somos invisíveis”, afirma Thais.

A organizadora de casamentos conta que, com a liberação de pequenos eventos no fim do ano, foi possível retomar parcialmente o trabalho, mas que agora volta a enfrentar dificuldades. “Eu estava com esperança de retomar os casamentos menores em abril ou maio, mas depois da fase emergencial todos as cerimônias já estão sendo canceladas ou adiadas para 2022. Estamos nos virando para pagar as contas e não sei mais o que fazer”, diz.

Leia mais  Hospital Oftalmológico de Sorocaba inaugura Departamento de Olho Seco

Após ser publicado nas redes sociais no sábado (13), o vídeo teve repercussão em todo o país, sendo compartilhado até mesmo na conta do Instagram do cantor Latino. Em alguns comentários, os usuários do Facebook chegam a parabenizar os noivos. “Não esperava essa repercussão toda. Imaginei que teria algum comentário em Sorocaba, mas jamais nacional. Isso mostra a preocupação do setor em todo o país”, diz Caroline ao destacar que a gravação também foi publicada por empresas do Ceará, Brasília e Pará.

Já o casamento de verdade, conta a “noiva” do vídeo, ainda não tem data para acontecer. O casal, que namora há um ano e quatro meses, faz planos para morar juntos e oficializar a união assim que a situação da pandemia melhorar. “Vamos esperar por que não tem como fazer isso neste momento. É um sonho de muitas noivas, que infelizmente precisa ser adiado”, conta. (Jomar Bellini)

Leia mais  Sorocaba tem aumento de pessoas internadas em UTI Covid

 

Comentários